Rússia paga em rublos juros de dívidas contraídas em dólares

A Rússia pagou em rublos os juros de dívida contraída em dólares devido às sanções impostas ao país por sua intervenção militar na Ucrânia, anunciou nesta quinta-feira o ministério russo das Finanças.

Negando que a Rússia esteja em risco de inadimplência, o ministro das Finanças, Anton Siluanov, acusou as "contrapartes estrangeiras" de "se recusarem a fazer pagamentos em moeda estrangeira, o que, para nós, é uma situação de força maior", criando assim as condições de uma inadimplência artificial.

"Todo mundo sabe que isso não é uma inadimplência. Honestamente, toda essa situação parece uma piada", disse ele.

"Assim que um investidor estiver disposto ou puder vir buscar seu dinheiro, o equivalente em rublo estará esperando por ele", disse ele.

Os fundos para o pagamento de títulos da dívida externa com vencimento em 2027 e 2047 no valor de 12,51 bilhões de rublos (quase 235 milhões de dólares) "foram recebidos pela agência de pagamento 'eurobonds' National Settlement Depository (NSD)", explicou o ministério em um comunicado.

O NSD é um órgão russo responsável pelo depósito de títulos financeiros negociados no país e está sancionado pela União Europeia.

"O ministério das Finanças cumpriu assim as obrigações (...) da Federação da Rússia em sua totalidade", acrescentou.

O pagamento foi feito com base em um novo sistema temporário que entrou em vigor com um decreto presidencial em 22 de junho.

Sob este sistema, quando um prazo de pagamento é cumprido, o Ministério das Finanças transfere o equivalente em rublos dos fundos para o NSD, que é responsável por reembolsar os credores em rublos com base na taxa de câmbio do Banco Central.

Se os credores são russos, os fundos são transferidos "ignorando intermediários estrangeiros", disse o Ministério das Finanças. Mas se forem estrangeiros, os fundos são transferidos para contas especiais em rublos, mecanismo semelhante ao usado para pagamentos de gás.

De acordo com Anton Siluanov, os "fundos serão ajustados à taxa atual do rublo [...] até o momento do pagamento efetivo aos proprietários".

No final de maio, a Rússia anunciou que pagaria sua dívida externa em rublos, pois não conseguiu fazê-lo em dólares devido às sanções. No entanto, o reembolso em moeda diferente daquela em que a dívida foi constituída expõe o devedor a uma inadimplência no pagamento da sua dívida.

bur/abx/pc/es/fp/aa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos