Rússia retomará em 2015 a conquista da Lua

Moscou, 15 jan (EFE).- A Rússia retomará em 2015 a conquista da Lua com o lançamento do aparelho orbital "Luna Glob" a partir da base de Vostochni, anunciou nesta terça-feira Vladimir Popovkin, diretor da Roscosmos, a agência espacial russa.

"Em 2015, dentro do primeiro lançamento a partir da base de Vostochni, será posto em órbita o aparelho espacial 'Luna Glob'", disse Popovkin à agência "Interfax".

No módulo de descida, que se propõe estudar a exosfera da Lua e realizar também estudos astrofísicos, será instalado um equipamento para a busca de água e um robô para colher amostras de solo no satélite da Terra.

A Roscosmos decidiu modificar sua estratégia centrada na conquista de Marte, após o fracasso em 2011 da missão da estação marciana "Fobos Grunt", que se propunha extrair amostras em uma das luas do planeta vermelho.

Agora, a prioridade é a Lua e a Roscosmos se propõe a inaugurar a base Vostochni (Extremo Oriente russo), que diminuirá a carga da base de Baikonur no Cazaquistão, com o início da nova etapa do programa espacial russo.

A Rússia também deve enviar em um futuro junto com a Índia a sonda "Luna Resource", que consistirá em uma plataforma com um equipamento de perfuração, cuja construção ficará a cargo do consórcio aeroespacial Lavochkin.

A Índia fornecerá à missão o foguete portador e o veículo lunar "Rover", que será depositado na superfície da Lua por um módulo de descida russo.

O objetivo da missão será recolher pó lunar e abrir caminho para o retorno do ser humano a esse satélite, que a Roscosmos, calcula para 2020, para depois construir uma estação permanente. EFE