• Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Rússia sofre "praticamente uma agressão"

Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O presidente russo participou esta sexta-feira na cimeira da União Económica Eurasiática. Numa intervenção por vídeo, Vladimir Putin disse que a pressão de alguns “países hostis” que adotaram sanções contra a Rússia é “praticamente uma agressão” e sublinhou a importância de substituir as importações do Ocidente e de procurar oportunidades na China. Para Putin, é um sinal positivo que “apesar da situação global muitos parceiros estrangeiros manifestam um interesse crescente” nas parcerias com esta organização económica.

Também nesta sexta-feira, o presidente ucraniano participou num fórum económico na Indonésia e falou de unidade face a agressores como o presidente russo. Volodymir Zelenskyy disse que “se a Rússia conseguir ficar impune com esta guerra contra a Ucrânia, outros Estados verão que o bloqueio naval é um instrumento de pressão supostamente permissível no mundo moderno”. “Nenhuma das rotas comerciais no mar, ou em qualquer país, estarão a salvo depois disso”, defendeu Zelenskyy.

A crise alimentar provocada pela guerra na Ucrânia tem dominado os principais fóruns mundiais e os alertas da comunidade internacional. Numa conversa com o chanceler austríaco, Vladimir Putin afirmou que as acusações sobre a responsabilidade de Moscovo na crise são “infundadas”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos