Rússia suspende testes de foguete para preservar oxigênio a pacientes com Covid

·1 minuto de leitura

MOSCOU (Reuters) - A Rússia suspenderá testes de motores de foguetes em um de seus escritórios de design na cidade de Voronezh até o fim do mês para conservar fornecimentos de oxigênio para pacientes com Covid-19, afirmou uma autoridade espacial neste domingo.

A Rússia, que luta contra um aumento de casos de Covid-19, registrou no último sábado o maior número de mortes relacionadas ao coronavírus registradas em um único dia desde o começo da pandemia.

O Kremlim credita a alta ao lento progresso da campanha nacional de vacinação. Autoridades relataram 962 mortes por Covid-19 neste domingo, e mais de 28.600 novos casos.

"Diante da crescente demanda por oxigênio médico para tratar os doentes, decidimos suspender testes de motores de foguetes no Escritório de Designs de Automáticos Químicos até o fim do mês", afirmou a agência especial da Rússia pelo Twitter.

(Reportagem de Tom Balmforth)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos