Queda de foguetes em Damasco deixa pelo menos 4 mortos e 15 feridos

Beirute, 20 mar (EFE).- Pelo menos quatro pessoas morreram nesta terça-feira e outras 15 ficaram feridas com o impacto de foguetes em zonas sob controle governamental de Damasco e seus arredores, segundo a agência de notícias oficial síria, "SANA".

Os quatro mortos foram vítimas do impacto de projéteis lançados por "terroristas" contra o bairro de Kashkul, nos arredores de Yaramana, perto da capital, informou a agência, que citou uma fonte da Polícia.

Nesse ataque houve também nove feridos, entre eles uma mulher e um menor.

Por outro lado, outra civil e cinco crianças sofreram ferimentos pelo disparo de foguetes contra as imediações do pavilhão de esportes de Al Yala, no distrito de Al Meze, no centro de Damasco.

Os projéteis também causaram danos em vários veículos estacionados nas imediações do pavilhão.

A fonte policial acusou "organizações terroristas" estabelecidas em Ghouta Oriental, o principal reduto opositor dos arredores de Damasco, de ter perpetrado este ataque.

Atualmente, o exército sírio, com o apoio da Rússia, desenvolve uma ofensiva em Ghouta Oriental, onde morreram 1.499 civis, entre eles 308 menores e 188 mulheres, desde o último dia 18 de fevereiro, de acordo com a apuração do Observatório Sírio de Direitos Humanos. EFE

ssa/cs