R$ 1,8 milhão em NFTs Bored Ape são roubados via Discord

NFTs: Gordon Goner disse que a Discord não prioriza a segurança dos usuários (Getty Image)
NFTs: Gordon Goner disse que a Discord não prioriza a segurança dos usuários (Getty Image)
  • Essa é a terceira vez que a empresa é hackeada

  • Ao menos quatro carteiras de clientes foram atacadas

  • A companhia só notificou a ação 11 horas depois

Mais uma vez os NFTs Bored Ape estão envolvidos em problemas. Dessa vez, um canal privado do Discord foi invadido e levou a um prejuízo de, aproximadamente, R$ 1,8 milhão para donos de NFTs Bored Ape, do grupo Yuga Lab.

Boris Vagner, gerente da empresa, teve a conta de serviço hackeada, levando à publicação de links fraudulentos no perfil oficial da Bored Ape Yatch Club.

Pouco tempo depois os usuários do Twitter começaram a reportar o erro, alegando o roubo de quatro diferentes carteiras. A companhia só se manifestou 11 horas após o ocorrido.

O o-fundador da BAYC, Gordon Goner, disse que a Discord não prioriza a segurança dos usuários. Mesmo assim, uma parte da comunidade culpabiliza os próprios detentores de NFTs por mal uso da ferramenta.

A indignação é plausível. Essa já é a terceira vez que acontece um incidente com a BAYC. Os outros aconteceram em abril, com a propagação de um link falso no Instagram oficial do clube, o que gerou um prejuízo de R$ 13,6 milhões ao roubar NFTs das carteiras dos clientes.

Famosos no Metaverso, o Bored Ape Yatch Club conta com uma coleção de centenas de NFTs de macacos entediados. As obras já foram compradas por diversos artistas, como Madonna, Neymar e Stephen Curry na lista de clientes.

Além disso, a aquisição de de um token da BAYC garante acesso a um clube de benefícios, que inclui um canal exclusivo na Discord.

A Yuga Labs ainda está investigando o ocorrido e vem alertando os clientes sobre o conteúdo dessas mensagens de phishing: “Como lembrete, não oferecemos balas ou brindes surpresa”, tuitou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos