Opositores atiram ovos contra Marine Le Pen em fábrica no oeste da França

Paris, 4 mai (EFE).- Um grupo de opositores da Frente Nacional (FN) atirou ovos nesta quinta-feira contra a candidata ultradireitista à presidência da França, Marine Le Pen, quando chegava a uma fábrica em Dol-de-Bretagne, na região da Bretanha, no oeste do país.

A candidata também foi recebida com insultos e, segundo as imagens de televisão, não chegou a ser atingida por nenhum objeto graças à atuação de sua equipe de segurança.

A visita a Dol-de-Bretagne, comuna situada em uma região na qual Marine recebe poucos votos, é uma das últimas programadas antes do segundo turno das eleições presidenciais, no próximo domingo, quando a candidata enfrenta o social liberal Emmanuel Macron.

Esta tarde, segundo sua agenda oficial, a líder da FN participará de uma "festa popular" na região de Picardia, onde pronunciará um discurso, e amanhã concederá entrevistas a meios de comunicação franceses.

A viagem de hoje aconteceu após o debate de ontem à noite com Macron, um encontro de duas horas em que ambos se mostraram críticos e agressivos e no qual, segundo uma pesquisa do canal "BFM TV", o ex-ministro de Economia foi mais convincente.

No dia 1 de março, Macron foi atingido um ovo na testa no Salão da Agricultura de Paris, enquanto o ex-primeiro-ministro Manuel Valls também foi atacado durante a campanha das primárias socialistas, com o lançamento de um saco de farinha em dezembro e com um tapa em janeiro. EFE