Rachel Sheherazade critica fala de vice de Bolsonaro: "Crio dois filhos sozinha"

Âncora do SBT, Rachel Sheherazade ganhou fama com comentários apontados como conservadores (Reprodução/Instagram)

A jornalista Rachel Sheherazade, conhecida por ter entrado na mira de militantes de esquerda após apresentar posicionamentos conservadores, rebateu na madrugada desta terça-feira (18), em rede social, a fala do general Hamilton Mourão (PRTB), vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro (PSL), de que famílias pobres “sem pai e avô, mas com mãe e avó” são “fábricas de desajustados”.

“Sou mulher. Crio dois filhos sozinha. Fui criada por minha mãe e minha avó. Não. Não somos criminosas. Somos heroínas”, escreveu a apresentadora do SBT em sua conta no Twitter.

Não é a primeira vez que Sheherazade faz um comentário contrário a nomes ligados à direita brasileira. Recentemente, ela também passou a receber ataques de ditos conservadores nas redes. A radialista, que já havia dito ao jornal Folha de S. Paulo não reconhecer Bolsonaro como um “representante da direita”, respondeu diversos internautas que se irritaram com seu posicionamento.

“Isso. Apoie a esquerda que te massacrou”, escreveu um dos usuários da rede.

A jornalista respondeu: “Isso não é um apoio aos comunistas. É um repúdio aos fascistas.”

Outro internauta acusou-a de ter mal interpretado a fala do general. “Você é uma jornalista séria e admiro seu trabalho. Não foi isso que o Mourão quis dizer. Pare de distorcer os fatos e continue a ser imparcial como você sempre foi”, disse.

A resposta de Sheherazade pediu um “exame de consciência” do usuário e mencionou o momento de polarização política que vive o país. “Pare de se iludir e tentar encobrir todas as atrocidades do seu candidato. Faça um exame de consciência e veja se é esse clima de ódio que vc deseja para o nosso país”, afirmou.