Rafa Kalimann, do 'BBB20', vai destinar prêmio para ONG

Rafa Kalimann, que ficou em segundo lugar no "Big Brother Brasil 20", afirmou que mesmo não tendo levado o prêmio de R$ 1,5 milhão, vai continuar com o sonho de ajudar a ONG na qual faz parte. A influenciadora participa de projetos voluntários na África e faz um trabalho missionário com a população.  

"Eu não vou desistir do projeto de jeito nenhum, e um sonho no meu coração, que esta comigo há sete anos, nem imaginava que ia perder essa oportunidade. Vou levar adiante. Vai demorar. Porque 1,5 milhão seria o inicio dele. São 400 pessoas, mais de 50 casas, é muito grande mesmo. Eu sabia que seria um start. Não sei como vou fazer isso agora. Mas vou fazer. Os 150 mil continua destinado a Ong. Todo ano faço bazar e destino a eles, mas não deu para fazer, não só pelo BBB, mas pela quarentena", contou.

No últimos dias, Rafa foi criticada pelo público por usar das missões como um marketing próprio. O que fez muitas pessoas duvidarem das reais intenções da influencidadora por trás das ações voluntárias, sobretudo por usar imagem de crianças africanas. 

"Eu imaginei que usariam isso para me criticar, porque desde o começo foi assim. Logo que comecei o trabalho voluntario, sempre postei, mesmo com as críticas, falavam que psotava para aparecer. Mas com os bazares e com a marca, já arrecadei 700 mil. Se eu não postasse, as pessoas não saberiam. Já que influenciava as pessoas a fazer tantas coisas, com cabelo, maquiagem, por que nao influenciar para fazer uma coisa do bem?", questionou.