Rafa Kalimann e Mari Maria usam áudio de Mari Ferrer em rede social e são 'canceladas'

Extra
·2 minuto de leitura
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Rafa Kalimann chegou aos assuntos mais comentados do Twitter, na noite desta quinta-feira, depois de participar de uma ação polêmica numa rede social. Ela gravou um vídeo, usando áudio original de Mari Ferrer, a jovem modelo que foi constrangida durante uma audiência de julgamento de estupro. A influenciadora Mari Maria também entrou na mira dos canceladores pelo mesmo motivo.

No vídeo de 23 segundos, Rafa Kalimann aparece encarando a câmera e declamando as mesmas frases que Mari Ferrer disse durante a audiência. "Eu gostaria de respeito, doutor. Excelentíssimo, eu estou implorando por respeito. No mínimo. Nem os acusados, nem os assassinos, são tratados da forma como eu estou sendo tratada". Em seguida, entra o áudio original de Ferrer, aos prantos, e uma música incidental.

O vídeo, postado no perfil de Rafa Kalimann, faz parte de uma ação coletiva de usuárias da rede social. Mari Maria, influenciadora de maquiagem que também acumula milhões de seguidores nas redes, também entrou na onda. Mas, a despeito da intenção por trás das postagens, a iniciativa repercutiu mal.

"Esse vídeo da Rafa Kalimann só mostra o quão hipócrita ela foi, ela é feminista, ELA ESTUDA E PREGA O FEMINISMO, então ela sabia muito antes de fazer esse vídeo que era errado fazer tal vídeo, mas o que as pessoas não fazem por likes e holofotes hoje em dia né?", esbravejou um usuário do Twitter.

Outros perfis também jogaram luz sobre a participação de Mari Maria na ação.

"Não cancelem só a rafa kalimann, por que a mari maria também participou da trend insensível do tiktok".

O barulho foi tão grande nas redes, que Rafa Kaliman pediu desculpas.

"Peço desculpas de todo coração pelo meu último tiktok, fui infeliz e indelicada. Minha intenção era outra. Reconheço totalmente meu erro e agradeço quem me alertou!"