Rafael Nadal passa fácil por Casper Ruud e vence Roland Garros pela 14ª vez na história

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Rafael Nadal escreveu neste domingo uma nova página em sua história já lendária no tênis mundial. O espanhol conquistou seu 14º título em Roland Garros ao derrotar o norueguês Casper Ruud por 3 sets a 0, parciais de 6/3, 6/3 e 6/0.

O Touro Miúra, quinto no ranking da ATP, conquistou seu 22º título de Grand Slam, ampliando o recorde do tênis masculino, que já era dele. Ele tem dois títulos a mais do que seus maiores adversários na carreira, o sérvio Novak Djokovic e o suíço Roger Federer.

O resultado ampliou outro recorde que pertence a Nadal. O tenista é o maior vencedor de um dos quatro grandes torneios do circuito de tênis. São 14 títulos no Aberto da França, enquanto que o maior vencedor no Aberto dos Estados Unidos é Richard Sears (EUA), com sete; em Wimbledon, o tenista com mais títulos é Roger Federer, com oito; já no Aberto da Austrália, o grande vencedor é Novak Djokovic, com nove.

A conquista acontece em contexto de incertezas no futuro de um dos maiores tenistas da história. Aos 36 anos, ele sofre com uma síndrome rara no pé esquerdo, que causa dores constantes no local. Foi com elas que conseguiu o título em Roland Garros, com quatro vitórias sobre tenistas top 10 do mundo na campanha (Auger-Aliassime, Djokovic, Zverev e Ruud), sendo duas dessas partidas superando as 4 horas de duração.

- Para mim, pessoalmente, é muito difícil descrever os sentimentos que eu tenho. Pensar que estaria aqui aos 36, sendo competitivo de novo, significa muito para mim. Eu só queria dizer muito obrigado a todo mundo, muito obrigado a Paris. É incrível jogar aqui, com vocês - afirmou, depois da partida.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos