Rafael Portugal fala do sucesso da ‘Central do BBB’ e diz que mãe dá pitaco: ‘Me pede para tirar alguém da casa’

Rafael Nascimento
·2 minuto de leitura

Pode parecer clichê de rede social, mas se tem um sentimento que se destaca no momento para Rafael Portugal é o da gratidão. Isso porque ele percebe o crescente carinho das pessoas, especialmente agora, que, pela segunda vez, coloca a sua “Central do BBB” em funcionamento, às terças-feiras, durante o “BBB 21”. Ao contrário do ano passado, desta vez a atração não é novidade. Também por isso, o humorista destaca que o fato de as pessoas esperarem pelo quadro na TV o deixa bastante animado.

“É sempre emocionante. Mais um ano de carinho e, dessa vez, vendo as pessoas pedirem e esperarem o quadro acontecer, torcer para chegar a terça-feira. Não tenho palavras, só gratidão”, derrama-se o artista de 35 anos.

O sucesso de Rafa chamou atenção até de gente bastante famosa. Neymar, por exemplo, elogiou através das redes sociais o trabalho do ator nesta edição. O jogador fez até um convite: “Bora ser amigos?”, perguntou o atleta, na ocasião. Usando o bom humor que lhe é característico, o artista garante que a amizade vingou: “Sim! Já me considero um parça. É impressionante esse programa, que me fez ter amizade com tanta gente incrível e do esporte”.

Antes de estrear no reality no ano passado, Rafael Portugal já tinha uma carreira consolidada no canal de humor “Porta dos Fundos” e no programa de TV “A culpa é do Cabral”, além de apresentações pelo país. Do “BBB 20” para o “BBB 21”, no entanto, ele reitera que houve uma mudança em sua vida, no tamanho de sua carreira:

“Muitos seguidores apaixonados pelo programa esperam que eu fale qualquer coisa sobre. As pessoas na rua me pedem para zoar alguém da casa”, exemplifica ele, que mora no Rio com a mulher e as duas enteadas. A família, aliás, é um termômetro forte sobre o que Rafael decide fazer para as pessoas rirem.

“Todas sempre estão opinando e me avisando sobre o que está acontecendo. Minha mãe, então... Quando acaba o ‘Big Brother’, ela começa assistir às edições antigas. Minha mãe é muito fã e sempre me avisa ou me pede para tirar alguém da casa”, conta ele, aos risos.