Rafinha, ex-Flamengo, rescinde com Olympiacos e fica livre para definir futuro; volta ao Brasil é opção

Marcello Neves
·1 minuto de leitura

lateral-direito Rafinha, ex-Flamengo e Bayern de Munique, está encaminhando a sua rescisão de contrato com o Olympiacos, da Grécia, e pode voltar ao Brasil. O atleta desperta interesse de clubes do país e este deve ser o destino provável.

Aos 35 anos, Rafinha aguarda os trâmites burocráticos para assinar a rescisão. Apesar de provável, a volta para o Brasil não é garantida, já que o lateral-direito também tem mercado na Europa.

O Flamengo não se manifesta oficialmente sobre um possível interesse em Rafinha e não comenta sobre contratações. O entendimento é que, até o final do Campeonato Brasileiro, Mauricio Isla, João Lucas e Matheuzinho são os nomes para a posição.

O lateral-direito também já manifestou desejo de encerrar a carreira no Coritiba, seu clube do coração.

Pelo Olympiacos, onde assinou até junho de 2022, Rafinha assumiu a titularidade rapidamente e disputou 23 partidas.

De acordo com a imprensa local, um dos motivos da decisão de deixar o Olympiacos foi a contratação do lateral-direito francês Kenny Lala, anunciada nesta segunda-feira.