Rafinha tem contrato com o Flamengo até quando? Qual a multa rescisória?

Dupla retorna da Itália com uma série de questões para serem resolvidas no Ninho do Urubu

Nem só de contratações bombásticas vive o Flamengo. O clube carioca também tem outra pauta em mão: renovações de contrato de seu elenco que realizou um 2019 histórico. Segundo o UOL Esporte, a bola da vez é o lateral Rafinha, um dos principais destaques da temporada do Rubro-Negro.

Com contrato até o meio de 2021, o vínculo de Rafinha prevê uma cláusula que libera o atleta no caso dele aceitar uma proposta da Europa. Assim, com esta "carta na manga" (de acordo com o portal, o veterano não descarta retomar carreira no Velho Continente), o estafe do lateral está reunido com o Flamengo afim de conseguir um contrato mais vantajoso. Já a multa rescisória para o mercado brasileiro é de R$ 33 milhões.

O que seria este vínculo mais vantajoso? Obviamente, um salário maior e um tempo de contrato mais longo. Com 34 anos, o lateral tem este "poder" para pressionar o Fla: o veterano ainda tem mercado na Europa, e hoje, o elenco do Flamengo não possui uma reposição adequada para a função do jogador.

As outras duas opções de Jorge Jesus para a posição são João Lucas e Matheuzinho. O primeiro chegou do Bangu no ano passado, mas só atuou cinco vezes e não convenceu. O último é um garoto de 19 anos muito promissor, integrado ao elenco que jogará o Campeonato Carioca, mas que ainda não tem experiência para substituir Rafinha.

Nem tudo são flores para o Flamengo: após um ano praticamente perfeito, atletas como Rafinha devem e irão querer uma valorização. É o preço a se pagar por uma temporada de conquistas. Obviamente, no entanto, a tendência é que o jogador permaneça e, caso ele saia, o Fla tem bala na agulha o suficiente para trazer um substituto a altura.