Rafinha de volta ao Flamengo? Entenda por que chance é mínima

Diogo Dantas
·2 minuto de leitura
Alexandre Vidal

A rescisão de contrato do lateral-direito Rafinha com o Olympiakos, da Grécia, encheu de esperança os torcedores do Flamengo, clube que o jogador defendeu até 2020 e onde conquistou o Brasileiro e a Libertadores de 2019.

Nas redes sociais, os rubro-negros e até os jogadores do plantel atual marcaram o lateral em publicações desde que a rescisão se desenhou. Rafinha era líder no vestiário e um dos capitães sem faixa nas conquistas da última temporada.

No entanto, o fato de estar livre no mercado e disposto a retornar ao Brasil não significa que o Flamengo é o favorito para tê-lo em seu plantel novamente. Aliás, a chance de isto acontecer nesse momento é considerada pequena nos bastidores.

O motivo é o investimento em salário e luvas que o clube fez no chileno Maurício Isla, levando o atleta a abrir mão de propostas vantajosas na Europa e na América do Sul para vir para o Flamengo.

O jogador, mais novo e com melhor condição física, agrada à diretoria e é visto como solução desde que Rafinha decidiu deixar o Brasil para jogar na Grécia, no meio da temporada rubro-negra.

Um dos fatores mais preponderantes para Rafinha não voltar é o fato de o Flamengo não ter a intenção, neste momento, de pagar salários elevados a dois jogadores da mesma posição. Aos 35 anos, e com histórico na Europa, Rafinha era muito bem pago. Mas ainda recebia menos do que Isla. Para voltar ao Flamengo, seria necessário aceitar um salário muito menor. E o fato de ainda ter mercado em outras equipes brasileiras torna essa equação difícil.

Ao Lance, o vice de futebol Marcos Braz deixou claro que o Flamengo "tem lateral".

Na posição, ainda há Matheuzinho e João Lucas. Vale lembrar que o Flamengo não avançou para contratar Guga, do Atlético-MG, justamente para não abrir os cofres em excesso, tão logo perdeu Rafinha.

Aos 32 anos, Isla veio livre, mas não é um jogador barato. E ainda tem alguns anos de carreira pela frente. O contrato com o Flamengo vai até o fim de 2022.