Rainha Elizabeth faz 1ª aparição pública pós ausência no ato de domingo

·1 min de leitura
Rainha Elizabeth II recebe o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas Britânicas em 17 de novembro de 2021 no Castelo de Windsor, Reino Unido (AFP/Steve Parsons)

A rainha Elizabeth II, de 95 anos, deu as boas-vindas ao chefe do Exército britânico Nick Carter nesta quarta-feira(17), em sua primeira aparição pública desde sua ausência em uma cerimônia oficial no domingo (14).

"Sua majestade recebeu o general Sir Nicholas Carter no Castelo de Windsor hoje", informou o Palácio de Buckingham em um breve comunicado divulgado nesta quarta-feira.

Imagens do encontro mostram a rainha em pé com um vestido florido. Ela conversa com o oficial uniformizado, que está prestes a deixar seu posto.

O estado de saúde da soberana, que reina há quase 70 anos, é motivo de preocupação. Ela foi colocada em repouso pelos médicos e, no final de outubro, passou uma noite no hospital.

Elizabeth II reapareceria em público no domingo, quando deveria assistir, de uma varanda, a uma cerimônia em homenagem às vítimas das guerras.

Sua participação foi, no entanto, cancelada no último minuto, devido a uma dor nas costas.

"Ela está bem, muito obrigado", disse o príncipe Charles, herdeiro da coroa, à SkyNews nesta quarta-feira, durante uma viagem à Jordânia.

"Aos 95 anos não é tão fácil como antes. Já é difícil aos 73 anos", explicou o septuagenário.

Muito ocupada no início de outubro, a agenda da rainha foi reduzida consideravelmente.

Elizabeth II cancelou sua viagem à COP26, em Glasgow (Escócia), onde os príncipes Charles e William representaram a família real, além de uma visita à Irlanda do Norte.

Desde então, vem fazendo audiências por videoconferência.

gmo/spe/mba/zm/mb/jc/tt

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos