Raio atinge cúpula da Basílica de São Pedro no dia da renúncia de Bento XVI

O fotógrafo italiano Filippo Monteforte registrou na noite desta segunda-feira (11), o momento em que um raio atingiu o teto da Basílica de São Pedro, no Vaticano. O flagrante foi feito justamente no dia em que o Papa Bento XVI anunciou sua renúncia para o próximo dia 28 de fevereiro.

Leia também:
Renúncia do Papa foi decidida há um ano, diz jornal
Vítimas irlandesas de abusos celebram renúncia do Papa
Com saída de Bento 16, América Latina pode eleger seu 1º Papa




Em um discurso pronunciado em latim no Vaticano, Bento XVI afirmou que deixará o cargo devido à “falta de forças”.

O Papa destacou que "no mundo de hoje, sujeito a rápidas transformações e sacudido por questões de grande relevo para a vida da fé, para governar a barca de são Pedro e anunciar o Evangelho, é necessário também o vigor tanto do corpo como do espírito".

O único precedente da renúncia de um Papa remonta ao ano de 1294, quando Celestino V abdicou antes de ser consagrado. Antes de ser designado Papa ele havia vivido como um ermitão e não se sentia preparado para assumir o comando da Igreja.