Raio-X: Gabigol e Pedro rivalizam na artilharia do Flamengo no ano; veja números

·1 minuto de leitura

Autores de dois dos três gols na vitória do vice-líder Flamengo sobre o Sport, os atacantes Gabigol e Pedro deram mais uma demonstração de que Rogério Ceni está bem servido no ataque. Com os tentos desta segunda-feira, os dois chegaram a 23 gols somados no Brasileirão.

A quantia chega perto de metade de todos os 60 gols marcados pelo Rubro-Negro no Campeonato. Concorrentes por uma vaga no ataque da equipe, os dois possuem médias semelhantes.

Gabigol tem dez gols e duas assistências em 20 jogos pelo Brasileiro, com média de 0,5 gols por jogo. Em todas as competições do ano, o camisa 9 soma 23 gols em 38 jogos (média de 0,6).

Já Pedro tem 13 tentos marcados e três assistências em 29 jogos, uma média de 0,44 por partida. No ano, são 23 gols em 49 jogos (média de 0,46).

Da dupla, Pedro é quem está mais perto da artilharia do Brasileiro: os líderes Claudinho, Marinho e Thiago Galhardo têm 16 gols cada. Na comparação de tempo de jogo, Pedro leva vantagem: são 1492 minutos em campo, contra 1396 de Gabriel.