Raio-X do Grêmio: fidelidade e presença feminina marcam maior torcida do Sul

A pesquisa O GLOBO/Ipec revelou aspectos positivos do perfil da torcida do Grêmio. Além de ter apontado o time gaúcho como o de maior popularidade na Região Sul do país, a frente do arquirrival Internacional e de equipes de alcance nacional, como Flamengo e Corinthians, o levantamento revelou que a torcida gremista conta com presença marcante de mulheres.

Entre os torcedores entrevistados na pesquisa, 3,3% foram homens. Entre as torcedoras, esse número foi quase o mesmo, caiu para apenas 3,1%. Os dois índices ficam bem próximos do percentual de torcedores totais que se disseram gremistas: 3,2%.

O time com a sexta maior torcida do Brasil, atrás de Flamengo, Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Vasco, tem caráter regional bem marcante: é o mais popular na Região Sul, mas tem presença bem pequena nas outras do país. Não foi sequer citado entre os torcedores do Nordeste.

A existência de uma identidade tão demarcada talvez explique outra peculiaridade da torcida revelada pela pesquisa: trata-se de torcedor mais fiel do país. Dos entrevistados que se disseram torcedores do time gaúcho, 90% deles afirmou torcer apenas para o Grêmio e nenhuma outra equipe. Flamengo e Corinthians veem em seguida.

Sem diversidade de raça

Ao mesmo tempo que uma torcida inclusiva para mulheres, é também um grupo com baixa presença de não brancos.

A pesquisa O GLOBO/Ipec revelou que, entre os torcedores que se disseram brancos, 5,7% eram gremistas. Já entre o que se disseram pretos ou pardos, esse número caiu para 1,1%. O percentual volta a crescer entre os que identificaram como sendo nem branco, nem preto ou pardo, vai a 5,7%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos