Raio-X: saiba por onde podem sair os gols de Bélgica e Canadá em suas estreias na Copa do Mundo

Dia 4 da Copa do Mundo de 2022! Nesta quarta-feira, às 16h (de Brasília), Bélgica e Canadá se enfrentam no Estádio Ahmad Bin Ali. Os belgas são a grande incógnita desta Copa do Mundo porque, apesar de Kevin De Bruyne estar em excelente fase, os destaques Eden Hazard e Romelu Lukaku se encontram mal fisicamente. Do outro lado, o Canadá é liderado por Alphonso Davies e tem tudo para se tornar o xodó dos torcedores no Mundial. Por isso, é importante saber por onde os gols podem sair.

Tabela da Copa: Datas, horários e grupos do Mundial do Catar

Simulador: você decide quem será campeão da Copa do Catar

O GLOBO preparou a série "Raio-X dos gols sofridos", onde analisa os últimos 15 jogos das seleções participantes do Catar. A cada dia, o jogo de destaque será apresentado e a reportagem mostrará os principais caminhos para a bola balançar as redes de cada uma delas. Neste dia 4, o foco está em Bélgica e Canadá.

Você escala: quais os seus 11 titulares do Brasil na Copa do Mundo

Guia interativo: saiba tudo sobre os 831 jogadores que disputam o Mundial

Por onde a Bélgica costuma sofrer gols?

A Bélgica sofre muitos gols no segundo tempo — são 14 no total dos 19 que sofreu nos últimos 15 jogos. É mais do que no primeiro tempo inteiro, por exemplo. É o principal momento a ser explorado pelo Canadá.

Courtois provavelmente é o melhor goleiro do mundo neste momento, mas tem um problema grave: sofre uma enorme quantidade de gols no mesmo quadrante. O canto inferior direito do arqueiro belga viu 10 bolas entrarem das 19 sofridas pela seleção. É um número extremamente alto para um goleiro de sua qualidade.

A Bélgica sofre muitos gols quando está vencendo seus jogos. Foram nove tentos sofridos quando estava à frente no marcador. Sinal de que é uma seleção que tem dificuldade para manter a vantagem no placar.

Por onde o Canadá costuma sofrer gols?

Alphonso Davies pode ser o grande destaque do Canadá, mas é preocupante como o setor onde ele atua é frágil. Dos 10 gols sofridos pelo Canadá nos últimos 15 jogos, seis nasceram de cruzamentos vindo do lado direita da defesa canadense.

O lado esquerdo da dupla de zaga do Canadá também é bastante explorada. Seis gols foram marcados aproveitando erros de posicionamento ou ganhando jogando em cima do defensor que fica à esquerda.

Por fim, o Canadá sofre muitos gols nos primeiros 15 minutos de partida. Quase a metade (4) vieram nesta etapa inicial.