Rangnick diz que pênalti de Fernandes poderia ter mudado jogo contra Arsenal

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Rangnick assiste partida do Manchester United contra Arsenal
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Reuters) - O Manchester United poderia ter mudado o rumo da derrota deste sábado por 3 a 1 para o Arsenal, na Premier League, se Bruno Fernandes não tivesse perdido o pênalti, disse o técnico interino Ralf Rangnick, lamentando outra oportunidade perdida em sua busca por lugar entre os quatro primeiros colocados.

Cristiano Ronaldo levou a partida a 2 a 1 depois de Nuno Tavares e Bukayo Saka marcarem pelo Arsenal, mas o português, que regressou depois de perder um jogo após a morte de seu filho recém-nascido na segunda-feira, não se adiantou para cobrar a penalidade máxima no segundo tempo.

Fernandes, que era o cobrador de pênaltis regular do United anteriormente, avançou para marcar, mas acertou a lateral da trave. O Arsenal voltou a marcar por Granit Xhaka, selando uma vitória confortável.

"Sim, temos que aceitar isso, se você está perdendo por 2 a 1 e recebe um pênalti... teria ajudado muito se isso tivesse levado empate e provavelmente também mudaria todo o jogo, mas não aconteceu e só acertou na trave", disse Rangnick a repórteres.

Rangnick disse ter conversado com Ronaldo sobre sua decisão de entregar os pênaltis a Fernandes.

“Ele disse que simplesmente não achava que deveria fazer e que seria melhor se Bruno o fizesse”, disse Rangnick.

O técnico alemão, que deve dar lugar ao técnico do Ajax Amsterdam, Erik ten Hag, após esta temporada, afirmou que o sexto colocado United dificilmente terminará entre os quatro primeiros, mas terá que encerrar a temporada com força.

(Por Shrivathsa Sridhar)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos