Rapper americano é morto com 64 tiros logo após deixar prisão

·1 minuto de leitura

O rapper americano KTS Dre foi morto com 64 tiros na noite do último sábado, logo após deixar o presídio em Chicago, nos Estados Unidos. O artista, que se chamava Londre Sylvester, chegou a ser levado para o Hospital Mount Sinai, mas não resistiu e morreu uma hora depois de chegar na unidade de saúde. De acordo com o ''Chicago sun times'', KTS Dre fazia parte de uma das maiores facções criminosas dos EUA.

A polícia de Chicago informou ao noticiário local que dois carros pararam ao lado de KTS Dre enquanto ele aguardava do lado de fora da cadeia de Cook County, por volta das 21h. Os ocupantes efetuaram 64 disparos contra o artista, que foi atingido na cabeça e no peito.

Segundo o jornal ''The sun'', KTS Dre foi preso em junho por violar termos de sua condicional. Em abril do ano passado, ele foi detido por carregar uma arma enquanto andava por vizinhanças de Chicago.

Em 2015, seu irmão, KTS Von, também foi morto a tiros. Ele também era rapper.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos