Rapper australiano é preso por policiais em jet skis após pular no mar para não pagar uma conta de restaurante

Um homem foi preso pela polícia depois que pulou no mar com o objetivo de não pagar a conta de seu jantar num restaurante de frutos do mar.

O aspirante a rapper, Terry Peck, também conhecido como “2pec”, foi pego por policiais em jet skis na principal praia de Gold Coast, na Austrália.

O homem de 33 anos disse que comeu duas lagostas, lula, tomou 21 doses de vodca e “várias Coronas”, deixando uma conta de 375 libras no premiado restaurante Omeros Bros.

Terry Peck supostamente pulou no mar da principal praia de Gold Coast para evitar pagar sua conta (Wikipedia)

A polícia de Queensland disse que Peck saiu correndo na hora de pagar, pulou no mar e se recusou a voltar para a praia.

Dois oficiais foram obrigados a persegui-lo de jet ski, prendendo-o ainda no oceano.

A polícia disse em um comunicado que “tentou negociar com o homem, pedindo que ele saísse da água sozinho, mas ele se recusou”.

“Assim, os policiais foram forçados a entrar na água para prender o homem e trazê-lo para a praia, sem maiores incidentes”.

Peck disse durante uma curta aparição no tribunal que “havia um pedaço de concha de ostra na bebida dele e que não iria pagar a conta”.

Ele também disse que sua lagosta estava “queimada”.

Peck disse que sua lagosta estava queimada (Pexels/stock photo)

Peck foi acusado de roubo e duas acusações de agressão grave a um policial.

Ele também foi condenado a nunca mais retornar ao restaurante e deve permanecer em casa, como condição para sua fiança.

Andy Wells
Yahoo News UK