Rapper Fetty Wap é solto após pagar fiança de 500.000 dólares

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Fetty Wap em Los Angeles, Califórnia, em 12 de abril de 2015 (AFP/FREDERIC J. BROWN)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O rapper americano Fetty Wap, que estava detido desde 29 de outubro sob a acusação de conspiração para traficar drogas pesadas, foi libertado após pagar uma fiança de US $ 500.000, anunciou um tribunal de Nova York.

Joanna Seybert, juíza do tribunal do Brooklyn, determinou que o rapper de 30 anos deve andar com um GPS para que todos os seus movimentos sejam monitorados, se submeter a exames toxicológicos, entregar seu passaporte e só poderá viajar com o permissão expressa da justiça.

Os promotores acusam o rapper, também conhecido como William Junior Maxwell II, junto com outras cinco pessoas, de transportar, distribuir e vender mais de 100 quilos de cocaína, heroína, fentanil e crack em Long Island e Nova Jersey.

Entre junho de 2019 e junho de 2020, os acusados supostamente conseguiram as drogas na Costa Oeste e usaram os Correios e motoristas com veículos com compartimentos secretos para transportar as drogas até Nova York.

As drogas foram distribuídas a vendedores que as comercializavam em Long Island e Nova Jersey, de acordo com os promotores.

"Maxwell era um (...) redistribuidor da organização de tráfico", disse o Departamento de Justiça no momento de sua prisão.

Se condenados, eles enfrentam a possibilidade de prisão perpétua.

O cantor ganhou reconhecimento quando seu single de estreia, "Trap Queen", alcançou a segunda posição nas paradas dos EUA em 2015.

af/dga

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos