Ratinho Jr. cita alinhamento com Bolsonaro, defende Moro e apoia críticas às urnas eletrônicas

*Arquivo* Curitiba, PR, 11.01.2019 - Ratinho Junior (PSD), atual governador do Paraná e pré-candidato à reeleição. (Foto: Theo Marques/Folhapress)
*Arquivo* Curitiba, PR, 11.01.2019 - Ratinho Junior (PSD), atual governador do Paraná e pré-candidato à reeleição. (Foto: Theo Marques/Folhapress)

BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - Ratinho Junior (PSD), atual governador do Paraná e pré-candidato à reeleição, afirmou que seu governo é alinhado ao do presidente Jair Bolsonaro (PL). Segundo o candidato, ele aguarda um posicionamento do seu partido em relação ao apoio nas eleições deste ano.

Durante sabatina promovida pela Folha e pelo UOL, o governador paranaense disse acreditar que o presidente do PSD, Gilberto Kassab tem conduzido as discussões de forma madura. Para ele, não havendo uma candidatura própria do partido, os estados devem ficar liberados para apoiar quem acharem melhor.

Ratinho Jr. afirmou que tem um bom relacionamento com o presidente e gratidão pelos investimentos feitos pelo Governo Federal no estado. Segundo ele, o Paraná foi o estado que mais recebeu visitas de Bolsonaro durante seu mandato.

O pré-candidato do PSD também defendeu o ex-juiz Sergio Moro. Segundo ele, Moro é uma pessoa do bem e corajosa, que prestou bons serviços para o país. Ratinho Jr. afirmou que a operação Lava Jato "expôs as vísceras da corrupção no Brasil, que estavam escondidas".

Em relação à mudança de domicílio eleitoral de Moro, do Paraná para São Paulo, o governador disse que está é uma questão que apenas o ex-juiz pode responder. Para ele, Moro deve ter feito análises políticas que justificaram a mudança.

O governador do Paraná também disse acreditar na segurança das urnas eletrônicas, mas defendeu as críticas feitas por Bolsonaro e seus apoiadores ao sistema eleitoral. Segundo ele, qualquer mecanismo que possa trazer mais confiança para o cidadão é reduzir dúvidas é bem-vindo.

O governador Ratinho Jr. foi o terceiro pré-candidato a participar da sabatina da Folha e do UOL. Na segunda (30), Cesar Silvestri (PSDB) foi o entrevistado. Na quarta (1º), a professora Angela Machado (PSOL) foi a convidada.

Na sexta (3), às 10h, o ex-governador Roberto Requião participa da sabatina. O deputado federal Filipe Barros (PL) desistiu de participar.

As sabatinas são apresentadas pelo colunista do UOL Kennedy Alencar e tem participação dos jornalistas Alberto Bombig, do UOL, e Ana Luiza Albuquerque, da Folha.

CONFIRA AS DATAS DAS SABATINAS E DOS DEBATES

Demais sabatinas com pré-candidatos ao Governo do PR

Roberto Requião (PT) - 03/6 - 10h

Sabatinas presidenciais

2º turno - de 10 a 14/10

Debates presidenciais

2º turno - 13/10, às 10h

Debate com candidatos à Vice-Presidência

1º turno - 29/9, às 10h

Debate com candidatos ao Senado

1º turno - 27/9, às 10h

Sabatinas com pré-candidatos ao Governo de SP

2º turno - de 17 a 21/10

Demais sabatinas

Semana de 06/6 - PE Semana de 13/6 - RS Semana de 20/6 - CE Debates com candidatos ao Governo de SP

1º turno - 19/9, às 10h

2º turno - 20/10, às 10h

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos