Ray Liotta será homenageado por cidade onde foi criado após morte aos 67 anos

O ator Ray Liotta, que morreu na semana passada aos 67 anos, será homenageado pela cidade de Union, no estado americano de Nova Jersey, onde ele foi criado. O prefeito Manuel Figueiredo, prefeito da cidade, disse ao site TMZ que o governo está avaliando várias opções para celebrar o artista, respeitando o tempo de luto da família. Uma das sugestões é renomear um dos campos de beisebol locais em homenagem ao papel como Shoeless Joe Jackson no filme "Field of Dreams" (1989).

Johnny Depp x Amber Heard: júri é composto por cinco homens e duas mulheres

Liotta nasceu em Newark, mas cresceu em Union, onde os pais eram ativos na comunidade. A mãe, Marty, atuava como secretária municipal e seu pai Alfred administrava uma loja e presidia um clube local.

O ator era muito conhecido por seu papel no clássico "Os Bons Companheiros" de Martin Scorsese, em 1990. Em quatro décadas de carreira teve atuações célebres em filmes como "Totalmente Selvagem" (1986), "Campo dos Sonhos" (1989) , "Corina, uma Babá perfeita" (1994). Nos últimos anos esteve em cena em diversos trabalhos populares como "Os Muitos Santos de Newark" e o filme vencedor do Oscar "História de um Casamento" (2019), de Noah Baumbach.

'Não é errado ser diferente': BTS discursa na Casa Branca contra crimes de ódio a asiáticos

O artista despontou na carreira após a atuação "Totalmente Selvagem", quando recebeu uma indicação ao Globo de Ouro. Depois interpretou "Shoeless" Joe Jackson em "Campo dos Sonhos" e então se tornou o gângster Henry Hill de "Os Bons Companheiros" ao lado de Robert De Niro e Joe Pesci, um papel que definiu a trajetória dele como ator. O longa, que Nicholas Pileggi adaptou em parceria com Scorsese , foi indicado a seis Oscars, com Pesci recebendo sua única vitória.

Liotta faleceu enquanto dormia, na República Dominicana, onde estava filmando seu próximo filme "Dangerous Waters". O corpo foi transportado em jato particular para Los Angeles.

O ator que estava noivo de Jacy Nittolo e deixa uma filha, Karsen. Jacy falou sobre a perda no Instagram: "Compartilhamos um amor profundo que vou guardar em meu coração para sempre. Rimos diariamente e éramos inseparáveis. A química foi selvagem da melhor maneira. Ele era tudo no mundo para mim e não conseguíamos o suficiente um do outro. O tipo de amor verdadeiro com o qual se sonha. Ele era a pessoa mais bonita por dentro e por fora que eu já conheci... e mesmo isso é um eufemismo".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos