Rayssa Leal exalta Pedro Barros após prata no skate park: 'Parabéns, ídolo'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Caçula da delegação brasileira em Tóquio, Rayssa Leal exaltou o skatista Pedro Barros, de 26 anos, após ele conquistar a prata no skate park, a terceira medalha do Brasil na modalidade na Olimpíada. Em seu perfil no Instagram, a também medalhista, vibrou com o pódio do colega de equipe, a quem chamou de "brabo" e "monstro" enquanto acompanhava a final masculina. "Parabéns, ídolo", escreveu.

Rayssa também destacou a participação do brasileiro Luiz Francisco, o Luizinho, que terminou a prova em quarto lugar, a um ponto do bronze: "Você é gigante". Terceiro representante brasileiros, Pedro Quintas acabou a competiçao em oitavo lugar.

Primeiro a faturar uma medalha no skate para o Brasil, Kelvin Hoefler também comemorou o feito de Barros e a participaçao brasileira na final do skate park. "Que orgulho", publicou junto com a foto da classificação.

Já Leticia Bufoni, que acabou ficando de fora da final feminina no skate street, gravou stories acompanhando as manobras dos colegas e celebrou bastante a prata de Barros. "Vamooos. É pódio!"

Número 1 do mundo no street, Pâmela Rosa, que não se classificou à final da modalidade após competir com o tornozelo lesionado, foi outra que vibrou com a prata brasileira. "Boa, Pedro! Monstro", afirmou em story no Instagram. Em outra publicação, escreveu: "Aqui é Brasil!"

A prata de Barros garantiu 19 pódios ao país e igualou o desempenho na Rio-2016, que até então era a melhor campanha em uma Olimpíada. Já são 15 medalhas no peito dos atletas brasileiros e três pódios aguardando para serem definidos.

— A gente vem lutando a vida inteira. Sempre fui rodeado de pessoas maravilhosas. Pessoas que lutaram para fazer da minha vida, uma vida melhor. Essa bandeira às vezes pode ser vista de cabeça para baixo, mas a minha história pode servir de exemplo. Está na nossa mão para construir um lugar melhor. Com união e respeito, a gente consegue — afirmou Barros.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos