A razão por trás do misterioso desaparecimento do megalodonte, o maior tubarão que já existiu

O megalodonte, ou megalodon, em ilustracao
O megalodonte, ou megalodon, perambulava pelos oceanos cerca de 3 até 22 milhões de anos atrás

A luta pelos alimentos na pré-história pode ter significado a extinção do megalodonte, o maior tubarão que já viveu no planeta.

Um estudo dos dentes de fósseis desse gigante dos oceanos indica que ele precisava competir por alimentos com outro predador feroz, o grande tubarão-branco. E a batalha pela redução da quantidade de baleias e outras presas pode ter levado o megalodonte à extinção, três milhões de anos atrás.

Mas pressões ambientais, como mudanças dos níveis dos mares, também fizeram sua parte.

A extinção do megalodonte é um mistério que persiste há muito tempo. Vários fatores diferentes foram propostos, desde a perda do habitat devido a mudanças dos níveis dos mares até a redução da quantidade de presas.

Dentes de megalodonte (à esquerda) e do grande tubarão-branco (à direita)
Dentes de megalodonte (à esquerda) e do grande tubarão-branco (à direita)

No estudo mais recente, pesquisadores internacionais usaram isótopos de zinco nos dentes de tubarões vivos e extintos como ferramenta para entender a alimentação de animais mortos há muito tempo.

Vestígios de substâncias nos dentes de tubarões vivos e em 13 fósseis de dentes de megalodonte indicam que o grande tubarão-branco e o megalodonte um dia ocuparam posições similares na cadeia alimentícia e podem ter competido pelos mesmos alimentos, incluindo baleias, golfinhos e botos. E este pode ter sido um fator para a extinção dos megalodontes, além de mudanças climáticas e outros fatores ambientais, segundo os cientistas.

"Esta é uma peça do quebra-cabeças de evidências de que houve concorrência entre o grande tubarão-branco moderno e o megalodonte por recursos alimentícios aquáticos nos oceanos, quando os dois ainda vivam", segundo Thomas Tutken, professor da Universidade Johannes Gutenberg, de Mainz, na Alemanha, que chefiou o estudo.

Tubarao branco
O número de grandes tubarões-brancos está diminuindo

Ao comentar sobre a pesquisa, publicada na revista Nature Communications, Catalina Pimiento, da Universidade de Swansea, no País de Gales, afirmou que mais trabalho era necessário para resolver o mistério do que aconteceu com o megalodonte. Segundo ela, a extinção foi estudada de muitos ângulos diferentes ao longo da última década e estudos indicam diversos fatores.

"O mistério sobre o que comia o megalodonte e até onde ele competia com os outros tubarões permanece", afirma Pimiento.

Qual era o tamanho do megalodonte?

O megalodonte (Otodus megalodon) era um tubarão com dentes enormes, que perambulava pelos oceanos entre 3 e 22 milhões de anos atrás. Seu nome significa "dente grande".

Três vezes maior que o grande tubarão-branco, o megalodonte podia crescer até 18 metros de comprimento e pesar até 60 toneladas.

O megalodonte chegou ao noticiário recentemente, quando um menino de seis anos de idade encontrou um dente de tubarão que pertencia a um gigante megalodonte pré-histórico em Suffolk, no leste da Inglaterra. Sammy Shelton encontrou o dente de 10 cm de comprimento na praia de Bawdsey, em Suffolk, durante um feriado prolongado.

Sabia que a BBC está também no Telegram? Inscreva-se no canal.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos