Na briga com o Barcelona, Real Madrid lidera corrida para tirar Endrick do Palmeiras, estampa jornal espanhol

·2 min de leitura

Eleito craque da Copinha, o atacante Endrick, do campeão Palmeiras, já é alvo de movimentação nos bastidores do futebol espanhol, segundo a imprensa local. O jogador de 15 anos seria o pivô de uma disputa entre Barcelona e Real Madrid, mas o clube da capital estaria na frente para contar com o jogador, sob estratégia semelhante à que usou para levar Vinicius Junior do Flamengo.

A capa do jornal espanhol "Marca" desta quarta-feira traz a história em destaque. Segundo o diário, Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madrid, Bayern, PSG, Manchester United, Manchester City, Liverpool, Chelsea, Arsenal, Atalanta e Ajax seriam alguns dos clubes que observam o jovem talento brasileiro.

O "Marca" diz ainda que o clube se apoia em Vini como figura central por uma possível negociação, já que os dois seriam agenciados pela mesma empresa e mantêm contato em redes sociais. O diário fala em uma negociação na casa dos 20 a 25 milhões de euros fixos (123 a 154 milhões de reais), que poderiam chegar a 40 a a 45 milhões (246 a 277 milhões de reais) com bônus envolvidos na negociação. A multa de Endrick em seu atual contrato de formação, segundo o jornal, é de 17 milhões de euros, cerca de 110 milhões de reais.

A precária situação financeira do Barcelona anima os rivais na corrida pelo brasileiro. Ao mesmo tempo, possíveis chegadas de Mbappé e (ou) Haaland ao Bernabéu nos próximos meses poderiam jogar contra a operação.

Na tarde desta terça-feira, o jornalista Marcos Benito, do programa de TV "El Chiringuito de Jugones", afirmou que o clube de Madri estaria almejando um acordo de compra obrigatória com o Palmeiras assim que Endrick completar 16 anos, no próximo dia 21 de julho. A segunda etapa seria a assinatura do contrato com o Real quando o atleta do alviverde completar 18 anos.

Foi dessa forma, de fato, que o clube espanhol acertou a transferência de Vinicius, hoje um dos pricipais jogadores de seu elenco, junto ao rubro-negro. Em 2017, quando Vini tinha apenas 16 anos, os clubes fecharam um acordo de renovação e venda por 45 milhões de euros quando ele completasse 18 anos, valor acima da antiga multa rescisória, de 30 milhões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos