Rebeca Andrade leva ouro no salto e é primeira brasileira com duas medalhas em uma Olimpíada

·2 minuto de leitura
Rebeca Andrade no salto

TÓQUIO (Reuters) - Depois da prata no individual geral, a ginasta Rebeca Andrade conquistou a medalha de ouro na prova de salto dos Jogos Olímpicos de Tóquio, neste domingo, se tornando a primeira brasileira com duas medalhas em uma mesma edição de Jogos.

Rebeca conseguiu a nota 15,083 de média, após 15,166 no primeiro salto e 15,000 no segundo. A medalha de prata ficou com a norte-americana Mykayla Skinner, que obteve 14,916, e o bronze com a sul-coreana Yeo Seojeong, com 14,733.

"Estou muito feliz, eu trabalhei bastante durante todo esse tempo. Não foram os meus melhores saltos, eu senti na hora, mas isso é da ginástica, é do esporte, tirei nota suficiente para me dar o primeiro lugar e estou muito feliz", disse Rebeca em entrevista na televisão logo após a cerimônia do pódio.

A brasileira ainda disputa a final do solo na segunda-feira. As duas medalhas de Rebeca em Tóquio foram as primeiras da ginástica artística feminina do Brasil em Jogos Olímpicos, em conquistas históricas para o país.

“Estou bombando nas redes sociais, a galera ficou bem feliz. Mas a minha cabeça está a mesma de quando eu saí do Brasil para vir competir, totalmente concentrada, sabendo as coisas que importam e o que eu preciso fazer, para depois pensar em tudo isso que está acontecendo", disse Rebeca, segundo nota no site do Time Brasil.

“Eu dedico a conquista da medalha de ouro a todo mundo, mas, em especial, ao meu treinador, Francisco Porath. A gente trabalhou muito e era um dos aparelhos em que eu tinha mais chance, como vocês sabem. Eu fiquei muito satisfeita. Acho que fico mais feliz com a felicidade dele do que com a própria medalha", acrescentou ela.

Rebeca, de 22 anos, passou por uma série de lesões antes de garantir sua classificação para Tóquio. Foram três cirurgias no joelho em quatro anos, a última em meados de 2019, após romper o ligamento cruzado anterior.

"Eu passei por muita coisa e coloquei esses Jogos como objetivo, mas o meu objetivo aqui era fazer o meu melhor, era brilhar, e eu acho que eu brilhei: consegui a nossa primeira medalha olímpica em ginástica artística feminina”, afirmou ela após garantir a prata no individual geral.

A prova de salto não contou com a presença da norte-americana Simone Biles, candidata a seis medalhas de ouro em Tóquio, que desistiu devido a problemas de saúde mental e crise de confiança. Ela deixou a prova por equipes logo após o primeiro salto, na terça-feira, e não voltou mais a competir.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos