Rebeca Andrade se inspirou em Simone Biles no Mundial

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Rebeca Andrade foi o destaque do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio. Foto: Sergei Bobylev\TASS via Getty Images
Rebeca Andrade foi o destaque do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio. Foto: Sergei Bobylev\TASS via Getty Images

Um dos maiores nomes do esporte brasileiro, a ginasta Rebeca Andrade disse que sua decisão de não competir na prova de solo no último Mundial da modalidade, disputado no Japão, foi inspirado em Simone Billes. 

A norte-americana, estrela do esporte, optou por não participar de cinco das seis finais em que estava classificada nos Jogos Olímpicos de Tóquio alegando precisar cuidar da saúde mental, decisão que surpreendeu o mundo do esporte e chamou a atenção para a condição mental das atletas.

Leia também:

“A minha parte psicológica sempre foi tão importante quanto a física. Tenho acompanhamento desde os 13 anos. Mas tem alguns lugares que pensam só no corpo. Foi difícil quando apareceram os acontecimentos com a Simone (Biles). Confesso que fiquei feliz por ela ter se colocado em primeiro lugar, porque ela podia ter se lesionado nas Olimpíadas”, afirmou Rebeca. 

“Ela sofreu a pressão dela, da equipe, do país, ainda mais sendo uma das melhores do mundo. Fiquei feliz que ela voltou a competir no último dia e ainda conquistou uma medalha. Como mulher, negra, ela me inspira. E posso me colocar em primeiro lugar, pensar no meu corpo. Usei muito ela nas minhas decisões no Mundial”, completou a brasileira.

Campeã olímpica no salto e prata no individual geral nas últimas Olimpíadas, Rebeca Andrade conquistou mais um ouro no salto, além de uma prata nas barras assimétricas, no Mundial da modalidade.

Maior campeã mundial da história da ginástica e dona de sete medalhas olímpicas, Simone Biles é uma das maiores atletas da atualidade aos 24 anos. A decisão de não participar da maioria das finais nos Jogos de Tóquio se deu pelo desgaste mental pelo qual passou, principalmente, após a investigação dos abusos cometidos pelo ex-médico da seleção americana, Larry Nassar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos