Rebeldes resistem em vale no Afeganistão enquanto Taliban forma governo em Cabul

·1 minuto de leitura
Porta-voz do Taliban, Zabihullah Mujahid

(Reuters) - As forças do Taliban e combatentes leais ao líder local Ahmad Massoud lutavam no Vale do Panjshir nesta quinta-feira, mais de duas semanas após a milícia islâmica tomar o poder, enquanto os líderes do Taliban na capital Cabul trabalham para formar um governo.

Panjshir é a última província a resistir ao domínio do Taliban, que retomou o controle do país conforme as tropas norte-americanas e de seus aliados se retiravam depois de 20 anos de conflito iniciados após os ataques de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos.

Os dois lados disseram ter provocado grandes danos e fatalidades.

"Começamos as operações após a negociação com o grupo armado local fracassar", disse o porta-voz do Taliban Zabihullah Mujahid.

Guerrilheiros do Taliban entraram em Panjshir e tomaram o controle de partes do território, segundo o porta-voz. "Eles (o inimigo) sofreram perdas pesadas."

Um porta-voz da Frente Nacional de Resistência do Afeganistão, por sua vez, disse que o grupo rebelde tinha total controle de todas as passagens e entradas da região e que havia repelido as iniciativas pela tomada do distrito de Shotul.

"O inimigo fez múltiplas tentativas para entrar em Shotul a partir de Jabul-Saraj, e fracassou em todas elas", disse, em referência à uma cidade na província vizinha de Parwan.

(Reportagem das redações da Reuters)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos