Rebeldes sírios pedem que combatentes incendeiem fronts após ataque químico

(21 mar) Incêndio provocado por ataques aéreos do regime a uma cidade rebelde nos arredores de Damasco

A aliança de combatentes rebeldes sírios Tahrir al Sham, dominada por Fateh al Sham, ex-braço sírio da Al Qaeda, prometeu nesta terça-feira vingar a morte de dezenas de pessoas em um suposto ataque químico.

"Pedimos a todos os combatentes de Sham (Siria) a incendiar os fronts", conclamou, em um comunicado publicado na internet, Tahrir al Sham.