Recém-separada, Gabriela Pugliesi foi apontada como pivô do término do relacionamento anterior de Erasmo Viana

·2 minuto de leitura

Desde que anunciou a sua separação, a vida amorosa da influenciadora digital e musa fitness Gabriela Pugliesi voltou aos holofotes. Após ela ter falado sobre o término do relacionamento, começaram a circular especulações de traições que teriam sido realizadas pelo (agora ex) marido, Erasmo Viana. Ele nega. Gabriela, por sua vez, limitou-se a dizer que o modelo "errou com ela".

Fato é que esse não é (mesmo!) o primeiro bafafá envolvendo o nome de Pugliesi. Há alguns anos, quando a influenciadora engatou o romance com Erasmo, ela viu o seu nome na boca do povo e dos internautas. Isso porque, em 2015, a ex do modelo na época, Rachel Apollonio, também influenciadora, disse que o pivô do término de seu relacionamento com Erasmo havia sido Pugliesi.

"Não gosto de exposição, mas também não consigo ver as mentiras que Pugliesi têm contado. E também para as pessoas que me acompanham ficarem mais tranquilas", disse Rachel, na ocasião, em entrevista à Revista "Época".

Sobre essa separação, Gabriela negou à imprensa que tivesse sido a responsável pelo término do relacionamento entre Erasmo e Rachel. Disse ainda que os dois só ficaram juntos depois que o ponto final já havia sido colocada no romance anterior de Erasmo.

"Não sabia como estava a relação deles. A única coisa que sei é que, segundo ele, eles não namoravam. Quando nos aproximamos, eles tinham terminado por motivos que eu desconheço. Por isso, fico tranquila", disse Pugliesi à Revista "Veja", em 2015.

Erasmo 'errou comigo'

Sobre o relacionamento com Erasmo, Pugliesi, apesar de não entrar em detalhes, afirmou que o ex-marido "errou com ela":

"Não dá para ficar fazendo a blasé e fingir nada aconteceu. Terminei meu casamento, sim, fiquei na merda por dois dias, mas já levantei a cabeça. Erasmo errou comigo", contou ela, que, também pelas redes sociais, revelou que vinha passando por tratamento para poder engravidar.