Receita Federal alerta para golpes em lojas online usando nomes das Alfândegas

A Receita Federal fez um alerta nesta segunda-feira (dia 18) sobre estelionatários usando anúncios pagos nas redes sociais e sites usando o nome do orgão para atrair potenciais vítimas por meio da venda de produtos com preços muito abaixo do mercado.

Viu?

Nas propagandas, os criminosos usam de forma ilícita o nome de unidades da Receita Federal responsáveis pelas atividades de controle aduaneiro, as Alfândegas, para tentar dar veracidade à fraude.

No comunicado, a Receita ressaltou que as Alfândegas não comercializam mercadorias:

"Essas unidades são responsáveis por gerir e executar atividades de controle aduaneiro, de atendimento e orientação ao cidadão e as relativas ao combate aos ilícitos tributários e aduaneiros, inclusive à contrafação, à pirataria, ao tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, ao tráfico internacional de armas de fogo e munições e à lavagem e ocultação de bens, direitos e valores, observadas as competências específicas de outros órgãos", diz o texto.

Leia mais:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos