Recomendação de Weintraub para prender ministros no STF não surpreende integrante da Corte

Carolina Brígido

BRASÍLIA - Um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) disse, em caráter reservado, que não ficou surpreso com as declarações do ministro da Educação, Abraham Weintraub, no vídeo da reunião citada pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro e exibido nesta terça-feiras aos investigadores. Nas imagens, Weintraub teria defendido a prisão dos ministros do STF, segundo informou O GLOBO.

O ministro do Supremo ponderou que Weintraub costuma fazer declarações polêmicas e é dado a arroubos verbais. Por isso, a fala não chocou. O magistrado ainda disse que não acredita que o governo endosse essa opinião de Weintraub.

Segundo relatos de quatro pessoas que assistiram a gravação da reunião ministerial de 22 de abril, Weintraub afirmou que “tem que mandar todo mundo para a cadeia, começando pelo STF”. Os presentes relataram que a frase foi dita enquanto o Weintraub criticava as pessoas que atuam nos Poderes em Brasília.