Record, emissora de Celso Russomanno, cancela debate em São Paulo

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Onze candidatos à prefeitura de São Paulo participaram do debate na noite de quinta-feira (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)
Onze candidatos à prefeitura de São Paulo participaram do debate na noite de quinta-feira (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)

A Record TV anunciou, nesta terça-feira (6), que não realizará o debate entre os candidatos à Prefeitura de São Paulo no 1º turno das eleições municipais. A emissora mantém um contrato de trabalho com Celso Russomanno, afastado das funções na TV para concorrer pelo partido Republicanos ao cargo.

Os motivos do cancelamento, segundo publicou o Notícias na TV, do portal UOL, foram os mesmos da Globo e do SBT: o número elevado de candidatos e de pessoas no mesmo estúdio, o que aumentaria o risco de transmissão da Covid-19.

“A Record preza pela saúde de seus colaboradores e de seus convidados. Por isso, depois de consultar uma comissão de médicos e de técnicos em medicina do trabalho, a emissora entendeu que não há condições de promover o encontro com segurança”, informou a emissora em comunicado à imprensa.

Leia também

“O número elevado de candidatos, a presença de assessores políticos (mesmo que limitados a dois por candidato) e o essencial trabalho dos profissionais da emissora tornariam impossível seguir os protocolos sanitários recomendados pelos médicos. E transformariam o evento em um potencial foco de infecção do novo coronavírus”, justificou.

Até agora, somente a Band realizou o encontro, ocorrido na semana passada, com 11 candidatos presentes no estúdio e com, no máximo, dois assessores na comitiva.

Participaram Andrea Matarazzo (PSD), Arthur do Val (Patriota), Bruno Covas (PSDB), Celso Russomanno (Republicanos), Filipe Sabará (Novo), Guilherme Boulos (PSOL), Jilmar Tatto (PT), Joice Hasselmann (PSL), Márcio França (PSB), Marina Helou (Rede) e Orlando Silva (PCdoB).

Oficialmente, a Globo ainda não cancelou o debate, mas articula com as campanhas se os candidatos aceitam que apenas os quatro mais bem posicionados nas pesquisas de intenção de votos participem. Na RedeTV!, o programa com a discussão de propostas deve acontecer em 23 de outubro, às 22h30.