Red Bull vai blindar Verstappen na volta do campeão à Holanda

Max Verstappen fará sua primeira corrida como campeão do mundo na Holanda. Foto: Boris Streubel/Getty Images
Max Verstappen fará sua primeira corrida como campeão do mundo na Holanda. Foto: Boris Streubel/Getty Images

Em 2021, Verstappen chegou ao seu primeiro GP da Holanda atrás do líder do campeonato mundial Lewis Hamilton por três pontos, enquanto sua tensa batalha pelo título continuava a aumentar.

Desta vez, a situação é muito diferente, com Verstappen atualmente 93 pontos à frente do companheiro de equipe Sergio Perez e 98 à frente do rival da Ferrari, Charles Leclerc.

Leia também:

Apesar da situação aparentemente confortável sobre Leclerc, o chefão da Red Bull Christian Horner diz que nem a equipe nem o seu piloto podem relaxar e absorver a atmosfera.

"Acho que você tem que manter a pressão, porque assim que não faz isso, começa a cometer erros", disse ele quando perguntado pelo portal Motorsport.com se Verstappen poderia aproveitar este fim de semana mais do que no ano passado.

“Então, abordaremos Zandvoort exatamente da mesma forma que fizemos em todos os Grandes Prêmios até agora este ano, e não há atividades adicionais para Max, em comparação com um fim de semana de Grande Prêmio padrão“, explicou.

Ele acrescentou: "Obviamente, haverá uma grande expectativa sobre Max quando ele retornar como campeão mundial, com o número um no carro. Vimos a atmosfera no ano passado e acho que só vai aumentar novamente neste ano."

Apesar da vantagem saudável sobre Leclerc, quase o equivalente a quatro vitórias com oito etapas até o fim da temporada, Horner minimizou a sugestão de Toto Wolff de que Verstappen garantirá o título mais cedo.

Horner insistiu que Verstappen está pilotando ainda melhor em 2022 do que quando conquistou seu primeiro título na temporada passada.

Ele disse: "Acho que Max, desde que venceu o campeonato no ano passado, deu mais um passo. De muitas maneiras, ele o liberou e ele está pilotando em um nível incrível", finalizou.