Redmi Note 8: melhores alternativas para quem ainda busca o celular

·8 min de leitura

O Redmi Note 8 ainda gera muito interesse do público quando se pensa em um produto custo-benefício. Entretanto, o fato de já estar há 2 anos em circulação no mercado fez o aparelho se tornar defasado.

Além disso, no momento em que foi lançado, a Xiaomi ainda aplicava economias desnecessárias em materiais essenciais que poderiam elevar a experiência de uso, como é o caso da tela.

Após demonstrarmos os motivos que não permitem que o Redmi Note 8 ainda seja uma boa compra, é justo que apresentemos para você algumas — boas — alternativas para o antigo best seller da Xiaomi.

Quer saber quais foram os escolhidos? Então, continue a leitura do texto.

Critérios de avaliação?

Desde já, vamos explicar como a lista de alternativas ao Redmi Note 8 foi criada. Selecionamos os celulares custo-benefício das fabricantes mais populares no Brasil: Xiaomi, Samsung e Motorola. Apesar de uma marca ter mais modelos na lista do que as outras, isso não quer dizer que esta é a melhor empresa, mas sim a que produz mais smartphones com preço atrativo.

E por falar no valor, o foco foi escolher opções que estivesse abaixo de R$ 1.700 nas varejistas online do país. Afinal, qualquer celular que ultrapasse esse valor na categoria de intermediários deixa de ser considerado um ótimo custo-benefício.

Além disso, o conjunto geral de características — baseadas nas opiniões dos analistas do Canaltech — foi essencial para que a lista disponibilizasse aparelhos que são interessantes para o uso a longo prazo.

Por fim, nossa lista possui 10 modelos que, na minha opinião, são boas alternativas ao Redmi Note 8 e que valem a compra hoje.

Redmi Note 8: melhores alternativas da Xiaomi

Iniciando a nossa lista, o Poco X3 Pro pode ser considerado a melhor alternativa ao Redmi Note 8 entre os modelos da fabricante chinesa. O smartphone traz configurações próximas das apresentadas no Poco X3 NFC, mas se destaca no desempenho.

Considerado o real sucessor do Pocophone F1, o X3 Pro tem a plataforma Snapdragon 860 como o “cérebro” do modelo. Por isso, a experiência de uso do celular é altamente avançada, seja para navegabilidade geral ou em jogos com gráficos no máximo.

Esse “flagship killer” demonstra toda evolução da Xiaomi em seus smartphones intermediários de alta potência. Além de trazer especificações robustas, a autonomia dele surpreende positivamente, e isso mostra o quanto o conjunto geral desse modelo é bom.

Além de todas as características citadas, o preço do Poco X3 Pro em varejistas online demonstra o quanto ele pode ser interessante para o uso a longo prazo, já que pode ser encontrado por menos de R$ 1.700 na versão com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento.

Poco X3 NFC em oferta

Poco X3 Pro (Imagem: Ivo/Canaltech)
Poco X3 Pro (Imagem: Ivo/Canaltech)

O Redmi Note 9S foi um dos celulares intermediários premium mais populares de 2020. Grande parte desse sucesso do modelo aqui no país está relacionado ao design caprichado aplicado pela Xiaomi, em conjunto com especificações atrativas.

Graças a presença da plataforma Snapdragon 720G, o smartphone pode ser considerado uma ótima alternativa ao Redmi Note 8, principalmente para usuários que pensam em adquirir o produto com foco em jogos.

O chipset da Qualcomm entrega um desempenho robusto para jogatinas, e tarefas cotidianas também são beneficiadas pelas configurações dele. Sua qualidade geral é tão boa que até hoje é difícil encontrar o modelo com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento por um preço baixo, e atualmente beira os R$ 1.600 aqui no Brasil.

Redmi Note 9S em oferta

Redmi Note 9S (Imagem: Ivo/Canaltech)
Redmi Note 9S (Imagem: Ivo/Canaltech)

O lançamento do Redmi Note 10, sem dúvidas, demonstrou o quanto a Xiaomi evoluiu desde que o Redmi Note 8 começou a ser comercializado. Com tela Super AMOLED de 6,4 polegadas, o Redmi Note 10 pode ser considerado um dos melhores custo-benefício de 2021.

A fabricante conseguiu fazer as câmeras evoluírem ao ponto de transformá-lo em um dos modelos mais atrativos para quem só tem até R$ 1.500. Além disso, a falta do 5G não faz diferença para o uso, já que essa tecnologia ainda não chegou oficialmente ao Brasil e só deve se tornar indispensável em alguns anos.

Redmi Note 10 em oferta

Redmi Note 10 (Imagem: Ivo/Canaltech)
Redmi Note 10 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Entretanto, se a presença da conectividade 5G é algo importante para você, o Poco M3 Pro 5G pode ser considerado um produto interessante. Apesar de o design não ser o seu ponto forte — a faixa preta no canto superior “polui” muito o visual do aparelho —, ele tem características atrativas.

Essa alternativa ao Redmi Note 8 possui o chipset MediaTek Dimensity 700 5G que consegue dar conta de atividades comuns no celular. Além disso, a bateria tem uma ótima durabilidade e demonstra que a aquisição desse modelo por até R$ 1.350 — na versão 4/64 GB — será uma boa compra.

Poco M3 Pro em oferta

Poco M3 Pro (Imagem: Ivo/Canaltech)
Poco M3 Pro (Imagem: Ivo/Canaltech)

O Redmi Note 8 foi comprado por muitos usuários com foco em jogos battle royale — como PUBG e Free Fire. Porém, atualmente o Redmi Note 10S se mostra uma alternativa superior em qualidade e desempenho para jogatinas.

Com a presença do Mediatek Helio G95, o intermediário premium é considerado um dos melhores custo-benefício para quem é gamer casual. A tela Super AMOLED permite uma visibilidade melhor dos ambientes de batalha e a bateria robusta não deixa você na mão durante as partidas.

As câmeras não receberam uma evolução tão boa quanto o Redmi Note 10, e os alto-falantes estéreo são limitados na entrega de graves. Porém, mesmo com esses pontos negativos, a experiência de uso do 10S é muito boa.

Redmi Note 10S em oferta

Redmi Note 10S (Imagem: Ivo/Canaltech)
Redmi Note 10S (Imagem: Ivo/Canaltech)

Outra alternativa que chama a atenção, quando comparado ao Redmi Note 8, é o Poco X3 NFC. O celular da subsidiária da Xiaomi é considerado um dos melhores para quem é gamer mais avançado e não deseja gasta mais de R$ 1.500 pela versão com 6 GB de RAM e 64 GB de espaço em disco.

Essa característica está relacionada com a tela de 120 Hz. Sim, o display desse aparelho permite que os jogos sejam visualizados de maneira mais fluida, além de influenciar positivamente na navegabilidade geral do sistema.

Outro destaque do Poco X3 NFC é a presença da tecnologia Near Field Communication — NFC — que é versátil e possibilita o pagamento por aproximação. O recurso é muito útil para quem não gosta de carregar a carteira para todo lado.

Poco X3 NFC em oferta

Poco X3 NFC (Imagem: Ivo/Canaltech)
Poco X3 NFC (Imagem: Ivo/Canaltech)

Redmi Note 8: melhores alternativas da Samsung

A Samsung tem poucas opções de baixo custo que se mostram melhores do que o Redmi Note 8. O Samsung Galaxy M51 é uma dessas alternativas que se destaca por ter um conjunto geral atrativo, caso seja encontrado por até R$ 1.700.

O aparelho traz o chipset Snapdragon 730G com o propósito de dar uma velocidade maior no uso cotidiano. Uma vantagem desse modelo é que o armazenamento só possui como opção os 128 GB, e isso adiciona ainda mais benefícios a este celular.

Ademais, o Galaxy M51 tem uma bateria robusta de 7.000 mAh que garante uma autonomia de até 2 dias em uso moderado. Felizmente ele vem com carregador rápido de 25 W, e isso garante que o usuário não vai precisar esperar muitas horas para o celular ir de 0% a 100% de carga.

Samsung Galaxy M51 em oferta

Samsung Galaxy M51 (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech)
Samsung Galaxy M51 (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech)

Outra alternativa, mas com um design melhorado e preço mais baixo, é o Samsung Galaxy A32. Esse smartphone tem um preço mais próximo do que era cobrado pelo Redmi Note 8 quando chegou ao Brasil nas varejistas online — em torno de R$ 1.400 — e entrega especificações interessantes para essa categoria.

A presença do Mediatek Helio G80 garante no modelo A32 um desempenho próximo do encontrado no Redmi Note 8. Entretanto, ele se destaca por ter tela Super AMOLED com taxa de atualização de 90 Hz.

No uso prático, isso quer dizer que o celular da sul-coreana consegue superar o modelo da Xiaomi em qualidade de display e velocidade de resposta do visor. Outro ponto forte do Galaxy A32 são as câmeras, pois o intermediário da Samsung tem uma lente principal atrativa para a faixa de preço e tem selfies melhores do que o Redmi Note 8.

Samsung Galaxy A32 em oferta

Samsung Galaxy A32 (Imagem: Ivo/Canaltech)
Samsung Galaxy A32 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Redmi Note 8: melhores alternativas da Motorola

A linha Moto G lançada em 2021 é uma das mais equilibradas dos últimos tempos, e alguns modelos podem ser caracterizados como boas alternativas ao Redmi Note 8. O mais atrativo é o Moto G60.

Apesar desse modelo ultrapassar um pouco a média de preço por estar — quase sempre — acima de R$ 1.700, é um smartphone que merece espaço nessa lista para quem está pensando em comprar um celular sem precisar pensar em trocar nos próximos dois anos.

O G60 tem tela de 120 Hz com suporte ao HDR10, algo que garante uma qualidade maior para visualização de conteúdos em streaming. Além disso, o chipset Snapdragon 732G proporciona uma experiência de uso completa para quem não é tão exigente com velocidade e ainda quer ter em mãos um bom celular.

Moto G60 em oferta

Moto G60 (Imagem: Ivo/Canaltech)
Moto G60 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Apesar de o desempenho do Moto G30 não ser tão bom quanto o do G60, por ser um modelo bom, barato e confiável em todos os aspectos, ele é considerado interessante na categoria de celulares até R$ 1.400.

Em fotografia, o Moto G30 demonstra superioridade ao Redmi Note 8. Ele consegue lidar melhor com cenários difíceis em que a iluminação desequilibrada afetaria muito os resultados no smartphone da Xiaomi, como em contraluz.

Outro destaque do Moto G30 é a bateria, que proporciona uma ótima duração. Essa característica é uma das que mais demonstram o quanto o celular intermediário pode ser interessante para o uso em substituição ao aparelho da Xiaomi.

Moto G30 em oferta

Moto G30 (Imagem: Ivo/Canaltech)
Moto G30 (Imagem: Ivo/Canaltech)

E aí? Gostou de alguma das alternativas ao Redmi Note 8? Confira os links especiais que preparamos para você e aproveite!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos