Reforma: arquitetas abrem as agendas e revelam contatos de profissionais em quem confiam

Jacqueline Costa
·5 minuto de leitura

RIO — Como em tempos de pandemia ficar em casa é (ou deveria ser) uma prioridade, a preocupação com um lar mais bonito, confortável, funcional e acolhedor ficou mais evidente e fez com que muita gente repensasse os espaços em que vive e que, em muitos casos, passaram a ser também local de trabalho. Com tantas ofertas de serviços e produtos no mercado, qualquer indicação vale ouro. Se for feita por profissionais acostumados a pequenos e grandes projetos de construção, reforma e decoração, a indicação vale mais ainda.

Por isso, pedimos que cinco arquitetas que atuam na Zona Sul compartilhassem parte de suas agendas. Ladrilheiro, eletricista, fornecedor de revestimentos (piso, papel de parede e cortinas), vidraceiro, marceneiro, engenheiro que comanda uma equipe de bombeiros hidráulicos, pintor de paredes, estofador, montador de móveis e faz-tudo estão entre os indicados pelas cinco.

A arquiteta Babi Teixeira contou com os serviços irrepreensíveis do ladrilheiro Luiz Gonzaga (99988-3931) e do eletricista José Severino da Silva (98143-1923) tanto em projetos de clientes quanto na obra que fez em seu próprio apartamento, no Leblon.

— Conheci o senhor Luiz através de uma cliente bem detalhista e exigente. No projeto que fizemos, sugeri a troca do piso de toda a área social. Ele foi o profissional contratado por ela. Quando vi o resultado, fiquei maravilhada. Peguei logo o contato e nunca mais larguei o senhor Luiz. É um profissional comprometido, pontual e que cobra um preço justo. Além disso, ele tem uma equipe que faz tudo — diz.

Mas Babi faz um alerta importante:— Vale a pena ressaltar que toda obra de médio a grande porte deve ter um profissional administrando projetos, equipes e materiais. Um gestor, que pode ser um arquiteto ou engenheiro, para gerenciar os serviços. Isso pode significar, inclusive, economia de custos e redução de prazos de execução.

Marceneiro e arquiteta trabalham juntos há 20 anos

A arquiteta Andrea Chicharo tem entre seus contatos um telefone precioso: o de um bom marceneiro. Há cerca de 20 anos, ela começou uma parceria de sucesso com o profissional Osmar Rigoti (27-98802-5375). Andrea (@andreachicharo) confia a ele 90% dos projetos de seu escritório, que fica em Ipanema.

— É uma tranquilidade poder contar com bom acabamento e pontualidade. Em um projeto recente, no Leme, a equipe do Rigoti fez toda a marcenaria, com exceção da cozinha e da copa — conta Andrea.

Ela acrescenta que um dos pontos fortes do profissional é seguir rigorosamente os seus desenhos.—Trabalhamos em total integração. Para o projeto desse apartamento no Leme, pedi amostras das madeiras e de cores de laca para mostrar aos clientes antes de confirmar as escolhas — diz a arquiteta.

Já o engenheiro Luis Fernando Lyra (99975-3826) e sua equipe de bombeiros resolvem todos os problemas de parte hidráulica e de esgoto.

— Conto com eles para diagnóstico e resolução de problemas de colunas e tubulações — diz Andrea.

Para a pintura das paredes, ela costuma chamar Wanderley Silva (96467-1174), que, além de indicar o produto certo para cada superficie, seja madeira, parede ou ferro, ainda é expert em texturas e cimento queimado.De revestimentos a vidros para um belo toque final.

De revestimentos a vidros para um belo toque final

Acostumadas com grandes e pequenas obras, as arquitetas Bianca Rubim e Renata Palazzo, do escritório Stilo (@stiloarquitetura), estão sempre em busca de profissionais que atendam tanto no quesito preço quanto no de qualidade do serviço.

— É muito importante conseguir parcerias que possibilitem cumprir as metas de orçamento dos clientes, que andam cada vez mais apertadas. Um bom fornecedor nos dá alternativas —diz Bianca.

Para revestimentos e acabamentos em espaços residenciais e comerciais, a dica da dupla é o profissional Luciano Cruz (99905-3062 ).

— Ele fornece pisos laminados, vinílicos, cortinas de tecido, persianas e papéis de parede, entre outros itens essenciais para a decoração da casa. Nesse sentido, é um excelente parceiro para repaginarmos os diversos espaços em que trabalhamos. No projeto de um quarto de bebê instalamos uma cortina de tecido linho poliéster, um material que traz sofisticação e aconchego e tem acabamento semelhante ao do linho, junto com uma cortina de tecido opaco para garantir o bloqueio da luz externa — explica Bianca.

Ela acrescenta que que a equipe comandada por Luciano está sempre disposta a encontrar materiais de acabamento que atendam à demanda de seu escritório de arquitetura, que fica em Copacabana.

— Geralmente, solicitamos amostras do material que estamos imaginando e eles oferecem ao cliente várias opções, para escolhermos em conjunto com os demais elementos do espaço. Flexibilidade, pontualidade e bom relacionamento são alguns dos diferenciais do Luciano —diz Bianca.

Rafael Libonatti (96494-7875) é o vidraceiro de confiança que realiza os serviços nos projetos da dupla. Ele foi descoberto por Renata e Bianca em um grupo de indicações formado apenas por arquitetos no Facebook. Renata lembra que elas experimentaram os serviços de Libonatti em um momento muito difícil da economia, em que o mercado imobiliário estava em crise:

—Estávamos buscando um novo parceiro para uma obra com um orçamento desafiador e precisávamos contar com um bom trabalho e preço competitivo. Foi uma excelente surpresa conhecê-lo. Ele trabalha com uma equipe qualificada que consegue nos garantir tranquilidade nas soluções técnicas e na instalação. A boa comunicação e a agilidade para fornecer respostas, tanto de orçamentos como para solucionar problemas, são diferenciais. Nas obras, sempre podemos resolver de imediato qualquer impasse que surge. Isso é essencial para um bom resultado.

Marido de aluguel para fazer de tudo um pouco na casa

Um dos contatos de ouro da agenda da arquiteta Sabrina Charpinel é um faz-tudo. Aquele profissional que joga nas 11 e que resolve pequenos problemas ou demandas que surgem no dia a dia. Para a moradora do Jardim Botânico, esse cara é Paulo Lemos (99165-9166):

—É aquele famoso marido de aluguel. O trabalho do Paulo é ótimo, porque ele é muito organizado e cuidadoso. A cobrança costuma ser por diária.

Para renovar os sofás, ela indica o estofador Edson da Silva (24-98805-6703).

— O Edson é de Petrópolis, mas atua lá e cá. É ótimo porque tenho muitos clientes que estão nesse eixo, principalmente nesse período em que as pessoas estão em home office. Recentemente, ele fez os sofás da mesma família num apartamento de Copacabana e numa casa em Secretário — diz Sabrina.

E para não ter que quebrar a cabeça com móveis comprados pela internet, ela sugere o montador Marcos Santana (99772-6361).

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)