Polícia dos EUA prende homem que roubou armas e enviou manifesto a Trump

(Corrige título).

Washington, 14 abr (EFE).- As autoridades americanas detiveram nesta sexta-feira um homem "muito perigoso" que roubou mais de uma dúzia de armas de fogo em uma loja de Janesville (Wisconsin) e enviou um manifesto ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, informaram fontes policiais.

Mais de 160 policiais locais, estaduais e federais montaram uma operação durante dez dias para encontrar o suspeito, que foi detido hoje em uma camping no condado de Vernon (Wisconsin) sem oferecer resistência.

O suspeito, identificado como Joseph Jakubowski, de 32 anos e residente em Janesville, invadiu um estabelecimento de venda de armas no último dia 6 de abril e levou vários rifles de assalto.

Previamente tinha postado no Facebook um vídeo no qual promete uma "revolução" e aparece levando à caixa do correio de correios um envelope que continha "um manifesto antirreligioso e antigovernamental" de 161 páginas destinadas ao presidente Trump na Casa Branca.

O FBI (polícia federal americana) tinha oferecido uma recompensa de US$ 10.000 por informação que pudesse levar à detenção de Jakubowski. EFE