Regina Casé ganha prêmio de Melhor Atriz no Festival do Rio; veja quem mais venceu

1 / 2

regina case melhor atriz festival do rio filho no palco 2.jpg

Regina Casé recebeu o prêmio de melhor atriz por "Três verões"

Em cerimônia realizada na última quinta, dia 19, o Festival do Rio anunciou os grandes vencedores do Troféu Redentor, da 21ª edição. Regina Casé, a Lurdes de Amor de Mãe, subiu ao palco com o filho, Roque, de 6 anos, e recebeu das mãos de Caio Blat o prêmio de Melhor Atriz pela atuação no longa "Três Verões", de Sandra Kogut.

"Esse filme, que vai entrar em cartaz em março, teve um significado incrível porque em cada festival (foram três) ele recebeu um prêmio. O Roque aguentou acordado e fiquei muito feliz de ele ter visto tantos atores, roteiristas e diretores negros no palco e na tela. Isso há dez anos não seria possível, e é muito legal vê-lo tão bem representado por vocês que foram premiados hoje. Agradeço por terem se esforçado tanto para estarem aqui. Dedico esse prêmio a toda minha família", disse Regina.

O prêmio de Melhor Ator foi para Fabricio Boliveira, por "Breve miragem de sol", o de Melhor Atriz Coadjuvante foi para Gabriela Carneiro da Cunha, por "Anna", e o de Melhor Ator Coadjuvante para Augusto Madeira, por "Acqua movie". Abaixo, veja a lista completa de quem venceu o Festival do Rio:

 

Redentor de Melhor Longa Ficção pelo Júri Oficial: "Fim de festa", de Hilton Lacerda

Redentor de Melhor Longa Ficção pelo Voto Popular: "M8 - Quando a morte socorre a vida", de Jeferson De

Redentor de Melhor Longa Documentário pelo Júri Oficial: "Ressaca", de Vincent Rimbaux e Patrizia Landi

Redentor de Melhor Longa Documentário pelo Voto Popular: "Favela é moda", de Emílio Domingos

Redentor de Melhor Direção em Longa de Ficção: Maya Da-Rin, por "A febre"

Redentor de Melhor Direção em Longa Documentário: Vincent Rimbaux e Patrizia Landi, por "Ressaca"

Redentor de Melhor Atriz: Regina Casé, por "Três verões"

Redentor de Melhor Ator: Fabricio Boliveira, por "Breve miragem de sol"

Redentor de Melhor Atriz Coadjuvante: Gabriela Carneiro da Cunha, por "Anna"

Redentor de Melhor Ator Coadjuvante: Augusto Madeira, por "Acqua movie"

Prêmio Especial do Júri: Som de "A febre"

Redentor de Melhor Fotografia: Miguel Vassy, por "Breve miragem de sol"

Redentor de Melhor Roteiro: Hilton Lacerda, por "Fim de festa"

Redentor de Melhor Montagem: Renato Vallone, por "Breve miragem de sol"

Redentor de Melhor Curta pelo Júri Oficial: "A mentira", de Rafael Spínola e Klaus Diehl

Redentor de Melhor Curta pelo Voto Popular: "Carne", de Camila Kater

Melhor Longa da Mostra Novos Rumos: "Sete anos em maio", de Affonso Uchôa

Prêmio Especial do Júri da Mostra Novos Rumos: "Chão", de Camila Freitas

Melhor Curta da Mostra Novos Rumos: "Revoada", de Victor Costa Lopes

Prêmio Felix de Melhor Longa de Ficção: "Retrato de uma jovem em chamas", Céline Sciamma

Prêmio Felix de Melhor Longa Documentário: "Lemebel, um artista contra a ditadura chilena", de Joanna Reposi Garibaldi

Prêmio Felix de Melhor Longa Brasileiro: "Alice Júnior", de Gil Baroni

Prêmio Especial do Júri do Prêmio Felix: "Bicha-bomba", Renan de CilloMostra Geração: "Alice Júnior", de Gil Baroni