Regina Duarte publica em rede social escultura com autor errado e é criticada por artistas

Gabriel Morais
Regina Duarte em sua posse na secretaria da Cultura

RIO — Uma publicação da secretária da Cultura, Regina Duarte, com a escultura "Mapa mudo", de 1979, foi criticada por artistas e internautas porque Regina errou o nome de seu autor. Ivens Machado, que morreu em 2015, foi quem fez a obra. No entanto, a secretária creditou a escultura à Ines Machado. O próprio perfil do Acervo Ivens Machado no Instagram criticou a postagem, tanto em seu perfil como na publicação de Regina.

"A secretária da Cultua precisa revisar seus métodos de pesquisa e sobretudo respeitar o legado de um artista que tem seu lugar firmado na história da arte brasileira. É inaceitável que a secretária da Cultura não tenha responsabilidade sobre a informação repassada a 2,3 milhões de brasileiros (referindo-se a quantidade de seguidores de Regina no Instagram)", diz a nota do acervo.

Regina publicou, nesta sexta-feira, uma foto da escultura "Mapa mudo" e escreveu na legenda: "#arte de ines machado- ela trabalhou o país com cacos de vidro, mas a gente pode brincar com tufos de papel celofane verde... e tudo é #arte neste confinamento de #CoronaVirus / março /2020".

A assessoria de imprensa de Regina foi procurada, mas ainda não se manifestou.