Regras de exportação holandesas limitam desvantagem da China para ASML

Por Toby Sterling e Philip Blenkinsop

AMSTERDÃ (Reuters) - O governo holandês ainda está trabalhando em detalhes importantes de um plano para impor novas restrições de exportação à tecnologia de chips de computador, incluindo quais das máquinas que a ASML já vendeu aos clientes chineses poderão ser mantidas.

"Esses detalhes ainda precisam ser trabalhados", disse a ministra do Comércio, Liesje Schreinemacher, a repórteres nesta quinta-feira em Estocolmo.

As observações de Schreinemacher destacam que, embora um plano anunciado pelos holandeses na quarta-feira coloque a Holanda em amplo alinhamento com os objetivos dos Estados Unidos de minar a capacidade da China de fazer seus próprios chips de última geração, sérias questões permanecem para a ASML e seus clientes chineses.

A ASML já vendeu mais de 8 bilhões de euros de equipamentos na China desde 2014.