Regulador da China diz que Tesla faz recall de mais de 80 mil carros

PEQUIM (Reuters) - A Tesla está fazendo o recall de mais de 80 mil carros fabricados e importados na China desde 2013, por problemas de software e cintos de segurança, revelou um comunicado do órgão regulador do mercado chinês nesta sexta-feira.

A fabricante de carros elétricos fez o recall de 67.698 veículos Model S e Model X importados entre 25 de setembro de 2013 e 21 de novembro de 2020, devido a problemas de software que afetam o sistema de gerenciamento de bateria nos veículos.

A Tesla disse que irá atualizar o software dos veículos recolhidos.

A Tesla também retirou 2.736 carros Model 3 importados que foram produzidos entre janeiro e novembro de 2019 e 10.127 fabricados na China do mesmo modelo entre 14 de outubro de 2019 e 26 de setembro de 2022, devido à instalação potencialmente defeituosa do cinto de segurança que a Tesla irá verificar e reinstalar, disse.

Em abril, a Tesla fez o recall de um total de 127.785 unidades de carros Model 3 na China, citando possíveis falhas em componentes de semicondutores que podem levar a colisões.

(Por Redação de Pequim)