Rei Charles expressa amor pela mãe e a família em primeiro discurso como monarca

Rei Charles 3º posa para foto antes de primeiro discurso como monarca

LONDRES (Reuters) - O rei Charles do Reino Unido prometeu nesta sexta-feira seguir o exemplo de sua mãe, a rainha Elizabeth, ao se dedicar completamente ao seu dever, em discurso solene como monarca no qual também falou de seu amor por ela e por sua esposa e filhos.

Charles se tornou rei na quinta-feira depois que Elizabeth morreu, aos 96 anos, em sua residência de verão na Escócia. Nesta sexta-feira ele voou até Londres para fazer seu primeiro discurso como soberano.

"A rainha Elizabeth teve uma vida bem vivida; uma promessa com destino cumprido, e seu falecimento é profundamente sentido", disse o rei nos momentos iniciais de seu discurso.

"Essa promessa de serviço por toda a vida eu renovo a todos vocês hoje", acrescentou.

Charles chamou a falecida rainha de inspiração e exemplo para ele, elogiando seu profundo compromisso pessoal em servir o povo do Reino Unido e de seus outros reinos.

Charles também falou de sua profunda tristeza por perder sua mãe, dizendo que sentiu "além da medida".

O novo monarca também elogiou sua "querida esposa" Camilla, dizendo que ela levaria às demandas de seu novo papel como rainha consorte a firme devoção ao dever com a qual ele confiava desde que se casaram há 17 anos.

Camilla é a segunda esposa de Charles, depois de Diana, uma figura muito popular de quem ele se separou em 1992 e que morreu em um acidente de carro cinco anos depois.

Camilla, que foi culpada por Diana pelo rompimento do casamento, foi profundamente impopular por anos, mas ganhou aceitação, se não amor, do público britânico durante os anos de seu casamento com Charles.

Voltando-se para seus filhos, Charles concedeu a seu filho mais velho e herdeiro, William, e a sua nora Kate os títulos de príncipe e princesa de Gales, que ele e Diana possuíam anteriormente.

Charles também expressou seu amor por seu filho mais novo, Harry, e sua nora Meghan, em um gesto significativo para um casal cujas relações com o resto da família real foram desgastadas.

"Quero também expressar meu amor por Harry e Meghan enquanto eles continuam construindo suas vidas no exterior", disse o rei.

Harry e Meghan, uma ex-atriz de TV norte-americana, se afastaram dos deveres reais e se mudaram para a Califórnia em 2020. Eles falaram sobre a infelicidade e o isolamento de Meghan durante seu tempo como membro da realeza.

(Reportagem de Kylie MacLellan e William James)