Reino Unido alerta Rússia para consequências graves se armas nucleares forem usadas na Ucrânia

Secretário de Relações Exteriores britânico James Cleverly

LONDRES (Reuters) - O Reino Unido alertou nesta segunda-feira o presidente russo, Vladimir Putin, de graves consequências se Moscou usar armas nucleares na Ucrânia, dizendo que tal medida mudaria a natureza do conflito.

O secretário de Relações Exteriores, James Cleverly, também pediu à Rússia que não impeça as exportações de grãos e disse que "declarações cada vez mais desesperadas" do Kremlin visam distrair de seu esforço de guerra vacilante.

"Nenhum outro país está falando sobre o uso nuclear. Nenhum país está ameaçando a Rússia ou o presidente Putin", declarou Cleverly a parlamentares.

"Ele deve ter claro que, para o Reino Unido e nossos aliados, qualquer uso de armas nucleares mudaria a natureza do conflito. Haveria graves consequências para a Rússia."

O Ministério da Defesa da Rússia disse no sábado que militares da marinha britânica explodiram os gasodutos Nord Stream no mês passado.

O ministério russo também afirmou que "especialistas britânicos" da mesma unidade dirigiram ataques de drones ucranianos a navios da frota russa do Mar Negro na Crimeia no sábado.

(Reportagem de William James e Alistair Smout)