Reino Unido confirma funeral da rainha Elizabeth 2ª para dia 19; veja programação

***FOTO DE ARQUIVO*** LONDRES, INGLATERRA, 28.07.2012 - A rainha Elizabeth 2ª visita o Centro Aquático no Parque Olímpico de Londres. (Foto: Lalo de Almeida/Folhapress)
***FOTO DE ARQUIVO*** LONDRES, INGLATERRA, 28.07.2012 - A rainha Elizabeth 2ª visita o Centro Aquático no Parque Olímpico de Londres. (Foto: Lalo de Almeida/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A monarquia britânica confirmou neste sábado (10) que o funeral da rainha Elizabeth 2ª vai ocorrer no próximo dia 19, uma segunda-feira, na manhã de Londres --a partir de 7h, no horário de Brasília. A data foi declarada feriado no Reino Unido.

O caixão deve deixar o Castelo de Balmoral, na Escócia, com destino a Edimburgo, neste domingo (11). Na capital escocesa ele deve ficar no Palácio de Holyrood, residência oficial da família real, e depois ser levado de avião para Londres na terça (13), onde no dia seguinte será colocado na Abadia de Westminster para receber uma série de homenagens até o funeral.

As autoridades que explanaram os protocolos dos próximos dias disseram que cumprirão suas funções "com o coração mais pesado do que nunca, mas com a firmeza necessária para garantir uma despedida à altura de uma das figuras definidoras do nosso tempo".

No anúncio ainda foram passados detalhes da situação em Balmoral. O corpo de Elizabeth, morta na última quinta no local, está em um caixão de carvalho coberto por flores no salão de baile do castelo.

Símbolo da monarquia em todo o mundo, Elizabeth 2ª ocupou o trono por sete décadas e faleceu serenamente, segundo o comunicado oficial, na quinta (8), aos 96 anos, no Castelo de Balmoral. Na terça (6), em sua última aparição, ela deu posse à nova primeira-ministra britânica, Liz Truss.

A morte deu início a uma série de protocolos e cerimônias oficiais da monarquia, que incluem o funeral da rainha e a oficialização do novo rei. Os eventos seguirão, no Reino Unido e em Estados associados a ele, como Canadá, Austrália e Jamaica, pelos próximos dias.

Na manhã deste sábado Charles 3º, 73, foi proclamado rei em cerimônia no palácio de Saint James, em Londres. Assim como no primeiro discurso oficial no trono, nesta sexta (9), o monarca apontou buscou honrar o legado da mãe, a rainha Elizabeth 2ª, a apontando como sua grande inspiração.

Veja cerimônias dos próximos dias

Domingo (11)

O caixão com o corpo da rainha Elizabeth 2ª será transportado do Castelo de Balmoral, na Escócia, para Edimburgo, a capital do país. A viagem, de carro, deve durar aproximadamente seis horas. Lá, o caixão será levado ao Palácio de Holyrood, residência oficial da família real.

Segunda-feira (12)

O corpo da rainha será levado em procissão até à Catedral de St Giles, também em Edimburgo. Haverá uma cerimônia no local, e o corpo da monarca deve ficar exposto ao público durante 24 horas.

Terça-feira (13)

a partir das 13h (de Brasília) - Um carro funerário levará o caixão da rainha Elizabeth 2ª ao aeroporto de Edimburgo. De lá, será transportado em um voo de 55 minutos para Londres, na Inglaterra. Guardas de honra saudarão a partida da Escócia e a chegada à Inglaterra.

Na capital inglesa, o corpo da rainha será levado ao Palácio de Buckingham, onde será colocado no centro de um salão. No local serão feitas orações com a presença de membros da família real.

Quarta-feira (14)

A Coroa Imperial do Estado, um dos maiores símbolos da monarquia britânica, e uma coroa de flores serão colocadas sobre o caixão.

10h22 (de Brasília) - Uma procissão com membros da família real levará o caixão com o corpo da rainha do palácio de Buckingham ao palácio de Westminster.

11h (de Brasília) - O caixão com o corpo da rainha deve chegar ao Palácio de Westminster, onde será recebido pelo arcebispo de Canterbury, Justin Welby.

Segunda (19)

O caixão com o corpo da rainha será transportado do Palácio de Westminster até a Abadia de Westminster, onde acontecerá o funeral.