Reino Unido diz que acabará com traficantes de pessoas

·1 min de leitura
Bote inflável e saco de dormir abandonados por imigrantes em praia perto de Wimereux, na França

Por Alistair Smout

LONDRES (Reuters) - O Reino Unido está determinado a acabar com o modelo de negócio dos traficantes de pessoas depois da morte de 27 imigrantes que tentaram cruzar o Canal da Mancha, disse o ministro da Imigração britânico, Kevin Foster, nesta quinta-feira.

A secretária do Interior, Priti Patel, conversará com o ministro do Interior francês, Gérald Darmanin, ainda nesta quinta-feira.

"Estamos preparados para oferecer apoio no local, estamos preparados para oferecer recursos", disse Foster à BBC TV. "Estamos preparados para oferecer, literalmente, pessoas para irem lá e ajudar e assistir as autoridades francesas."

"Sejamos claros: não vemos isto somente como uma questão com a qual a França precisa lidar, mas uma em que queremos trabalhar juntos com a França e com nossos parceiros europeus mais amplos... para acabar com o modelo de negócio destas gangues", disse Foster.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos