Reino Unido inclui distúrbio nervoso entre efeitos colaterais raros de vacina da AstraZeneca

Frascos rotulados como de vacina contra Covid-19 em frente ao logo da AstraZeneca em foto de ilustração

(Reuters) - O órgão regulador de medicamentos do Reino Unido acrescentou um distúrbio nervoso extremamente raro, a síndrome de Gullain-Barré, como um efeito colateral extremamente raro da vacina contra Covid-19 da AstraZeneca, mostraram atualizações no site da agência nesta quinta-feira.

A decisão da Agência Regulatória de Saúde e Medicamentos (MHRA) britânica vem depois de a agência europeia acrescentar a síndrome de Gullain-Barré como um possível efeito colateral da vacina no mês passado.

(Reportagem de Yadarisa Shabong em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos